iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/08 - 18:44

Rogério Ceni avisa: “Ninguém jogou a toalha”
"Ninguém jogou a toalha aqui, pois tem muito caminho pela frente e temos de somar o máximo de pontos possíveis", disse

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - A derrota para o Grêmio neste domingo deixou o São Paulo ainda mais longe do sonho de conquistar o mais um título do Campeonato Brasileiro. Antes da partida, a maior parte dos jogadores do Tricolor paulista tratava o jogo como uma decisão.

Porém, depois do tropeço por 1 a 0 no estádio Olímpico, o goleiro Rogério Ceni negou que o campeonato esteja decidido e avisou que seu time ainda tem chances de levantar o troféu.

“A disputa pelo título não está descartada. Claro que ficou mais difícil porque chegamos aqui com oito pontos de diferença e, agora, são 11. Mas ninguém jogou a toalha aqui, pois tem muito caminho pela frente e temos de somar o máximo de pontos possíveis. Se não der o título, temos de conseguir pelo menos a Libertadores”, analisou.

Com a derrota, o São Paulo desperdiçou a oportunidade de se aproximar do líder. Agora, o Grêmio aparece com 44 pontos na classificação, enquanto o time de Muricy Ramalho continua com 33.

Apesar da derrota, Rogério Ceni destacou a disposição do Tricolor paulista em buscar o resultado, mesmo encontrando dificuldades com o gramado encharcado. “O time correu para caramba. Mas o campo molhado dificultou. Quando o campo secou, nosso time melhorou”.

O capitão são-paulino ainda evitou fazer críticas diretas à arbitragem, mas lamentou o fato de o árbitro ter validado o gol de Perea, que estava em posição de impedimento.

“Quando vi o rapaz sozinho, eu tentei abafar o chute. De onde eu estava era difícil de ver (a posição irregular), mas não é preciso reclamar para que seja marcado impedimento”, concluiu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias