iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/08 - 17:55

Peixe vira, mas cede empate e aumenta jejum de vitórias

Gols da partida foram marcados por Leonardo Moura, para o Flamengo, e Kléber Pereira, para o Santos

Gazeta Esportiva

SANTOS - A situação do Santos segue desesperadora. Neste domingo, diante do Flamengo, na Vila Belmiro, o time saiu atrás no marcador, encontrou forças para alcançar a virada mas, em uma bobeira da zaga, levou o gol de empate e chegou à quarta partida sem vencer no Brasileirão: 2 a 2. Assista aos gols no player ao lado >>

O resultado levou o Peixe a 18 pontos na tabela e deixou a situação ainda mais complicada na corrida contra o rebaixamento. O time ainda pode ser ultrapassado pelo Fluminense, que joga às 18h10, e cair para a vice-lanterna no encerramento da rodada.

No meio da semana, o Santos vai ao Vale do Aço enfrentar um dos poucos times que ainda está abaixo da equipe praiana na tabela: o Ipatinga. O jogo entre os desesperados está marcado para às 22 horas de quarta-feira. O Flamengo, por sua vez, terá pela frente o melhor time da competição até o momento, o Grêmio. O clássico acontecerá na quinta, às 20h30, no Maracanã.

O jogo
Empurrado pela torcida, que mais uma vez fez sua parte e compareceu em bom número à Vila Belmiro, o Santos foi para cima do Flamengo e poderia ter aberto o placar logo aos três minutos, em lançamento de Roberto Brum para Kléber Pereira. O artilheiro santista chegou a fazer o giro, mas permitiu a recuperação de Ronaldo Angelim, que apenas protegeu para a saída do goleiro Bruno.

A resposta dos cariocas foi fatal. Após cobrança de escanteio, o lateral-direito Léo Moura aproveitou a sobra e mandou para o gol. A bola desviou na defesa santista e enganou o goleiro Douglas, calando a torcida santista.

O gol aumentou o desespero alvinegro, que chegou perto do empate em duas oportunidades logo na seqüência: primeiro com Maikon Leite, que aproveitou boa jogada de Kléber Pereira, mas chutou em cima de Bruno, e depois com Michael, que fez lindo lance individual, mas falhou na hora da conclusão, facilitando o trabalho do goleiro carioca.

A situação santista complicou-se ainda mais aos 20 minutos, quando Maikon Leite dividiu com Bruno pelo alto e acabou se machucando, tendo que deixar o campo com suspeita de rompimento no ligamento do joelho direito. Com Lima em seu lugar, o Peixe seguiu martelando os cariocas, mas sem a mesma qualidade ofensiva.

No primeiro momento em que se entenderam, Kléber Pereira e Lima tabelaram e a bola sobrou para o artilheiro do Campeonato Brasileiro, que teve calma e tocou na saída do goleiro Bruno, deixando tudo igual antes da descida para os vestiários: 1 a 1. O mesmo Kléber Pereira teve a chance da virada aos 44 ao receber passe açucarado de Wendel, mas chutou em cima de Bruno e perdeu gol feito.

Determinação e castigo
“Vai pra cima deles, Santos. Vai, com determinação, tu que és o Glorioso...”. O grito de guerra da torcida santista empurrou o Santos para cima do Flamengo desde o início do segundo tempo, e a virada não demorou para acontecer.

Aos seis minutos, Michael fez lançamento milimétrico para Kléber Pereira. O artilheiro, que havia desperdiçado chance incrível no lance final do primeiro tempo, desta vez não decepcionou a torcida e, com categoria, se livrou de Bruno para estabelecer a virada: 2 a 1 e festa da torcida.

Aos 20 minutos, enquanto a torcida flamenguista brigava entre si nas arquibancadas localizadas atrás do gol de Bruno, Cristian entrava de forma exagerada em Michael e recebia o cartão vermelho, piorando a situação do time carioca. Para aproveitar os espaços, Márcio Fernandes sacou Dionísio para a entrada de Apodi. O time continuou melhor, mas abusou do direito de perder gols e foi castigado.

Em um lance confuso e despretensioso, Ibson invadiu a área e foi derrubado por Domingos. Pênalti, que Léo Moura cobrou com categoria, colocando números finais no jogo: 2 a 2. Tiago Carleto ainda acertou o travessão em cobrança de falta, na última chance santista de reencontrar a vitória.

Carreira ameaçada:
De acordo com o médico do Santos, Carlos Braga, Maikon rompeu todos os ligamentos do joelho direito, uma lesão rara. Ainda segundo Braga, a cirurgia será delicada e terá que ser muito bem sucedida, pois, devido a gravidade, a carreira do jovem de 20 anos pode estar ameaçada.

Gazeta Press
O atacante Maikon Leite sofreu uma grave lesão na partida diante do Flamengo

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 2 FLAMENGO  (veja como foi o jogo lance a lance)

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 17 de agosto de 2008, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Milton Otaviano (Fifa-RN) e José Carlos Dias (PR)
Cartões amarelos: Michael, Wendel, Domingos (Santos), Obina, Marcelinho Paraíba (Flamengo)
Cartão vermelho: Cristian (Flamengo)
Renda:
R$ 141.599,00
Público: 15.359 pagantes

GOLS:
SANTOS: Kléber Pereira, aos 38 minutos do primeiro tempo e aos seis minutos do segundo tempo
FLAMENGO: Léo Moura, aos oito minutos do primeiro tempo e aos 32 minutos do segundo tempo

SANTOS: Douglas; Dionísio (Apodi), Domingos, Fabiano Eller e Carleto; Wendel, Roberto Brum, Kléber e Michael (Wesley); Maikon Leite (Lima) e Kléber Pereira.
Técnico: Márcio Fernandes

FLAMENGO: Bruno; Toró (Maxi Biancucchi), Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Eltinho (Luisinho); Jaílton, Cristian, Ibson e Léo Moura; Marcelinho Paraíba e Obina (Erik Flores)
Técnico: Caio Júnior

Outros resultados:


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias