iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/08 - 10:34

Na caça ao Grêmio, Verdão recebe Coxa para retomar tranqüilidade

Palmeiras quer manter invencibilidade em casa, mas não conta mais com Valdivia para isso

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O embalo do Palmeiras sofreu três baques na última semana. As derrotas para Botafogo e Vasco, além da saída de Valdívia para o Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos, mexeram com o elenco. Para se restabelecer e seguir na cola do Grêmio, líder com sete pontos de distância, a equipe conta com a força do Palestra Itália para reencontrar a tranqüilidade diante do Coritiba, às 18h10 deste domingo.

No primeiro compromisso pelo segundo turno, a ordem é manter o ótimo desempenho dentro de casa, responsável por 67% dos 33 pontos conquistados na primeira metade do torneio. Para manter o alto rendimento, os jogadores garantem que os tropeços no Rio de Janeiro fazem parte do passado.

“Devemos saber separar as duas competições. Diante do Coritiba, precisamos fazer prevalecer o peso do fator casa e jogar bola. É preciso ter muita tranqüilidade, pois estamos a sete pontos do líder e na briga pelo topo”, pregou Alex Mineiro.

Contra os planos do goleador palmeirense estará um artilheiro em ascensão. Keirrison, que já esteve perto de fechar com o Verdão, tem dez gols no Brasileiro e causa preocupação em Wanderley Luxemburgo. Tanto que o técnico - sem poder contar com Elder Granja, Valdívia, Léo Lima e Pierre - deve escalar três zagueiros.

O comandante não confia no poder de marcação de Fabinho Capixaba, substituto de Granja, e por isso deve entrar em campo com Jéci e Gladstone ao lado de Gustavo. A alternativa seria a saída deste último para a entrada de Evandro, que atuaria na armação para ajudar Diego Souza, incumbido de suprir a ausência de Valdívia.

Apesar de jogarem com esquema mais defensivo do o habitual, os palmeirenses garantem que Keirrison não desperta cautela excessiva. “O Coritiba não é ele sozinho. Nós perdemos para eles lá em Curitiba (2 a 0) e temos que estar bem preocupados com todo o elenco deles, até porque eles já estão chegando para conquistar alguma coisa”, avisou Leandro. “E eles também têm que se preocupar com a gente”, emendou o treinador.

E é com esta confiança que os campeões paulistas querem se manter vivos na caça ao Tricolor gaúcho. “Vai ser um jogo difícil, pois o Coritiba já provou ter um time que sabe jogar com rapidez e qualidade. Não é à toa que estão bem colocados na tabela. Mas é outro momento de nós mostrarmos nossa força e continuarmos a perseguição ao Grêmio”, afirmou Luxemburgo.

Embora mais distante da ponta, o Coritiba está embalado. Assim como aconteceu no primeiro turno, a equipe paranaense enfrenta o Palmeiras vivendo um grande momento. Naquela oportunidade, acabara de conquistar o título estadual. Agora, vem de três vitórias consecutivas e três jogos seguidos fora de casa sem saber o que é perder.

O técnico Dorival Júnior terá alguns retornos de jogadores há muito tempo afastados: os laterais-direito Marcos Tamandaré e Alex Silva e o volante Leandro Donizete liberados pelo departamento médico. O atacante argentino Ariel Nahuelpan está com a documentação regularizada e recuperado de lesão.

No entanto, o comandante coxa-branca deve deixar todas essas novidades no banco de reservas. A tendência é que o time que derrotou o Sport por 3 a 0 seja mantido, já que agradou bastante. No entanto, o mistério só será revelado nos vestiários do Palestra Itália, no domingo.

“A tendência é a manutenção, mas vamos esperar a escalação do Palmeiras para definirmos de forma oficial”, revelou o treinador, que pede atenção total no adversário, esquecendo a empolgação da torcida. “Eles sabem que não podem relaxar de maneira alguma, pois a tendência é o Brasileirão ficar ainda mais complicado. Todos estão se cobrando muito, e isso é muito positivo”, concluiu.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X CORITIBA

Local: Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 17 de agosto de 2008, domingo
Horário: 18h10 (de Brasília)
Árbitro: Sergio da Silva Carvalho (DF)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Eremilson Xavier Macedo (DF)

PALMEIRAS: Marcos; Gustavo (Evandro), Jéci e Gladstone; Fabinho Capixaba, Sandro Silva, Jumar, Diego Souza e Leandro; Kléber e Alex Mineiro
Técnico: Wanderley Luxemburgo

CORITIBA: Vanderlei; Nenê, Rodrigo Mancha e Maurício; Rodrigo Heffner, Alê, Carlinhos Paraíba, João Henrique e Rubens Cardoso; Marlos e Keirrison
Técnico: Dorival Júnior


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo