iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/08 - 21:19

'Sem amarelar', Espinosa minimiza derrota e exalta postura

"Jogadores têm que ter a certeza de que eu fiquei satisfeito, porque o time não se intimidou, mostrou qualidade"

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - Se a Portuguesa não conseguiu iniciar o segundo turno do Brasileirão quebrando a escrita e vencendo fora de casa, pelo menos um dos objetivos apontados pelo técnico Valdir Espinosa durante a semana acabou alcançado. Após o jogo, o comandante comemorou a postura do time em campo, que não ‘amarelou’, minimizando o resultado.

“Perder faz parte do jogo. Ali no vestiário eu vi que os jogadores têm a tristeza da derrota, mas eles também têm que ter a certeza de que eu fiquei satisfeito, porque o time não se intimidou, mostrou qualidade e é aí que temos que analisar com os jogadores o que precisamos melhorar”, disse Espinosa.

Mesmo ineficaz, a melhora do time agradou ao comandante, que ainda destacou a importância do reforço físico promovido durante a semana de preparação na cidade de Itu. Quem também exaltou a nova postura da Portuguesa foi o atacante Jonas, autor da assistência para o gol de Washington. Para ele, nem mesmo a ausência do atacante Diogo prejudicou.

“O Diogo é um grande jogador, mas ele está resolvendo a situação dele. Mas, nós temos que saber jogar sem ele também e, hoje, o time se portou muito bem. Infelizmente, tomamos o gol no final, mas em compensação nos portamos bem, enquanto nos outros jogos estivemos mal”, explicou o atacante.

A melhora tão almejada durante a semana, no entanto, não foi suficiente para garantir pontos ao time rubro-verde. Durante o confronto, a Portuguesa teve cerca de seis chances claras de gol, mas, mesmo com o baixo aproveitamento, Espinosa tratou de erguer o moral do elenco, negando que tenha ‘amarelado’.

“Isso foi o que eu disse a eles no vestiário: eu vi que vocês podem, vocês não amarelaram fora de casa, vocês têm condições de manter o mesmo aproveitamento fora e sair para somar pontos”, disse o comandante, que espera colher os frutos da partida já para o próximo jogo.

“Isso que tem servir de insentivo, de confiança para o próximo jogo fora do Canindé. Temos que sair para jogar mesmo e conquistar pontos”, concluiu Espinosa.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo