iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/08 - 14:49

São Paulo pode rescindir com Maurinho e Flávio Donizete

Como não são aproveitados por Muricy Ramalho no elenco principal, atletas deveriam treinar apenas em Cotia

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O São Paulo está tomando providencias jurídicas com relação ao lateral-direito Maurinho e ao zagueiro Flávio Donizete, que deixaram de comparecer aos treinos do clube no CT de Cotia, onde se concentram os times das categorias de base. Os dois jogadores estavam designados pelo Tricolor para treinarem em Cotia, já que não são aproveitados por Muricy Ramalho no elenco principal. No entanto, depois de comparecerem aos treinos até julho, ambos deixaram trabalhar no local.

“O São Paulo está tomando providências porque deixaram de cumprir o que o clube determinou. Entregamos o assunto ao departamento jurídico”, explicou o vice-presidente de futebol do Tricolor, Carlos Augusto de Barros e Silva, em contato por telefone.

Segundo o dirigente, Maurinho e Flávio Donizete não comparecem ao CT de Cotia desde 14 de julho e, por isso, há a possibilidade de rescisão contratual dos atletas.

Maurinho foi contratado pelo Tricolor em janeiro de 2006 em plena recuperação de contusões no joelho. Mesmo depois de recuperado, o atleta teve poucas oportunidades no clube, sendo até emprestado ao Goiás no ano passado. No entanto, o clube esmeraldino o devolveu em pouco tempo.

No início da semana, o presidente Juvenal Juvêncio explicou que tentou emprestar Maurinho a outra equipe, mas o jogador teria se recusado. O contrato do lateral com o Tricolor é válido até janeiro de 2010.

Já Flávio Donizete, que tem mais um ano de contrato, chegou a fazer parte do elenco do São Paulo campeão do mundo em 2005, mas não conseguiu emplacar uma seqüência no clube.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo