iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/08 - 09:08

Santos tenta a contratação do meia Marquinhos destaque do Avaí

Transação foi mantida em segredo e pode ser concretizada ainda nesta sexta-feira

Gazeta Esportiva

SANTOS - Sem dinheiro para contratar jogadores renomados e com a escassez do mercado, a diretoria do Santos busca opções na Série B do Brasileiro. O meia Marquinhos, 26 anos, que faz ótima campanha com o Avaí é o novo alvo do clube da Vila Belmiro.

Os dirigentes santistas estão em negociação com Marquinhos desde o começo da semana, mas o nome do atleta só foi revelado na noite desta sexta-feira. Segundo o diretor de futebol do Peixe, Luiz Antônio Ruas Capella, o nome do jogador vinha sendo mantido em sigilo para não prejudicar a negociação.

O diretor de futebol do clube, Ilton José da Costa, se reuniu procuradores do atleta nesta sexta-feira, em São Paulo e a transação deve ter um desfecho ainda neste final de semana. O vínculo de Marquinhos com o time de Santa Catarina termina apenas em dezembro. No entanto, existe uma cláusula em seu contrato que o libera imediatamente (havendo interesse) para times da Série A ou da Europa.

Apesar de estar disputando a Segundona, Marquinhos tem um excelente currículo, pois já defendeu times tradicionais como: Flamengo, São Paulo, Internacional e Atlético Mineiro. Ele ainda teve passagem pelo futebol europeu, defendendo Bayer Leverkusen, da Alemanha. Revelado pelo próprio Avaí, Marquinhos começou a atuar profissionalmente em 1999 e teve outra passagem pelo clube em 2006.

Enquanto isso, os dirigentes santistas aguardam o término dos jogos do Brasil nas Olimpíadas em Pequim para fechar a negociação com o atacante Rafael Sobis. Segundo o empresário do jogador, Jorge Machado, o atleta, revelado pelo Internacional, está bem próximo de vestir a camisa alvinegra, já que as negociações estão em estágio final. O Santos está disposto a pagar cerca de 1 milhão de euros (R$ 2,4 milhão) para ficar com o jogador por um ano na Vila Belmiro.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo