iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/08 - 10:58

Antes de se apresentar no Chile, ValdIvia aparece para “rachão”

Chileno jogará pela seleção de seu país antes de concretizar a sua transferência para o futebol árabe

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Pela primeira vez desde o anúncio de sua quase certa transferência para o Al Ain, Valdívia deu as caras para a imprensa. Neste sábado, antes de embarcar para Istambul para se juntar à seleção chilena, o camisa 10 se apresentou com o restante do elenco palmeirense na Academia para o tradicional treino recreativo que encerra as atividades antes do duelo contra o Coritiba, neste domingo.

Ausente na sexta-feira para negociar com os empresários do clube árabe e acertar os últimos detalhes do negócio, o meia trabalhou normalmente como todos os jogadores. Correu em volta do campo ao lado dos companheiros e se aprontou para o “rachão”, que participa gritando e ouvindo brincadeiras dos colegas.

Após o treinamento, o Mago segue para a Turquia, onde na quarta-feira disputará amistoso contra a seleção local, em partida que marca sua volta para o Chile. De acordo com a cúpula alviverde, o camisa 10 tem vôo marcado direto para Istambul, sem escala em Santiago.

Como o Palmeiras ainda não confirma a transação para o Al Ain – faltam apenas alguns ajustes entre o jogador e o clube árabe –, a princípio, Valdívia teria de se apresentar na sexta-feira e enfrentar a Portuguesa no dia 24. O mais provável, porém, é que o ídolo tenha se despedido na derrota por 1 a 0 para o Botafogo, no último domingo.

Carinho de paz 
Neste sábado, o Flamengo usou o centro de treinamento palmeirense para se preparar para o confronto deste domingo contra o Santos, na Academia. Técnico alviverde em 2007, Caio Júnior cumprimentou a todos no clube, inclusive Vanderlei Luxemburgo, com quem conversou por cerca de dez minutos distribuindo sorrisos.

Recentemente, os dois treinadores se desentenderam por culpa de Valdívia. Após perder para o Verdão, enquanto Luxa dava através da imprensa uma bronca no meia por não ter sentado no banco ao ser substituído, o Mago visitava Caio Júnior no vestiário adversário.

E o flamenguista pediu “mais carinho” com seu ex-comandado. Dias depois, ouviu do colega palmeirense que “o tratamento a Valdívia era profissional. Carinho só para as minhas netas, minhas filhas ou para jogador em churrasco ou pagode”.

Mensagem de despedida
Autor de 24 gols em 93 jogos disputados pelo clube, o chileno despediu-se dos companheiros nos vestiários e, numa carta aos torcedores, deixou uma mensagem de agradecimento por tudo o que o Palmeiras proporcionou a ele. Leia:

"Querida nação Palmeirense,

Como todos vocês já sabem, estou deixando o Palmeiras. Mas saio feliz porque tenho a certeza de que fiz um grande trabalho aqui. E saio agradecendo muito ao Palmeiras porque sei que foi aqui que meu futebol apareceu para o mundo.

Sou muito grato a todos deste clube. E muito grato a você, torcedor, que me deu o carinhoso apelido de "Mago". Deixo o Palmeiras porque como profissional do futebol, marido e pai, não posso deixar passar esta oportunidade de conquistar a segurança financeira para minha família. Neste momento, este é meu maior desejo, por isso tomo esta decisão. Fico muito contente em saber que para o clube também foi um bom negócio.

Se um dia o futebol brasileiro me quiser de volta, é a esta Casa que quero voltar. Sei que os que aqui ficaram têm todas as condições de fazer o Palmeiras campeão. E do outro lado do mundo estarei torcendo pelo time, pelos meus companheiros, pela comissão técnica, dirigentes e principalmente por você, torcedor Palmeirense.

Obrigado por tudo,

Mago Valdívia"


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura Press

valdivia

Pela última vez
Valdivia vestiu a camisa de treino do Palmeiras e brincou com ex-colegas

Topo
Contador de notícias