iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/08 - 08:14

Ainda “sem camisa”, Morais prevê duelo saudável no meio-campo
Diogo Rincón, Douglas e Lulinha são os outros nomes e concorrentes do ex-vascaíno do meio campo corintiano

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Contratado para aumentar a criatividade e a ofensividade do meio-campo corintiano, Morais chegou ao Parque São Jorge pronto para estrear. O próprio jogador revelou que falta apenas seu nome aparecer no BID da CBF, mas se esqueceu de um “pequeno” detalhe: o número da sua camisa.

Apresentado por Mário Gobbi com uma camisa sem número nas costas, o meia ainda não sabe se vestirá a 37, número seguinte à camisa utilizada por Careca, último jogador que chegou ao Timão, ou uma das disponíveis no elenco: a seis, que pertencia a Everton Ribeiro ou a nove, que foi de Finazzi, ambos atualmente no São Caetano.

Ninguém no clube confirma, mas a nove, preferida do meia-atacante, pode ficar guardada até que a diretoria tenha a certeza da chegada ou não do centroavante Brandão, ainda envolvido na disputa da Liga dos Campeões pelo Shakhtar.

Independentemente da camisa que for utilizar, Morais tem somente uma coisa em mente: uma disputa sadia com os outros armadores do grupo de Mano Menezes: Diogo Rincón, Douglas e Lulinha.

“A concorrência é boa. Acho que o Corinthians está no caminho certo. Com grandes jogadores, quem ganha é a entidade. Fico feliz, pois vai mostrar que tenho que jogar mais e mais, evoluir para ter lugar ao sol”, raciocinou.

Questionado sobre a possibilidade de trabalhar com o técnico Mano Menezes, um dos que mais defendeu sua contratação pelo Corinthians, mostrou entusiasmo: “É bom para mim. Só tenho a ganhar e vou chegar com muita humildade”, concluiu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias