iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/08 - 16:01

Verdão desembarca sem Valdivia e avisa que proposta é muito boa

Possível destino do chileno é o futebol árabe, mas o Hertha ainda não está descartado

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A saída de Valdivia para o Al-Ain, dos Emirados Árabes Unidos, está cada vez mais perto. Os árabes chegaram próximos dos 10 milhões de euros (cerca de R$ 24 milhões) pedidos pelo Palmeiras e já teriam convencido o chileno com um contrato de quatro anos e luvas de US$ 1 milhão (R$ 1,6 milhão). O jogador, no entanto, preferiu fugir da imprensa em meio à proximidade do seu adeus.

O camisa 10 não desembarcou com o elenco na tarde desta quinta-feira, no Aeroporto de Congonhas, depois da derrota para o Vasco no Rio de Janeiro. O Mago está em São Paulo desde às 7h, viajou em vôo separado.

Junto com o grupo de jogadores, quem chegou foi o presidente Affonso Della Monica, responsável por concluir o negócio. O mandatário, porém, limitou-se a dizer “não tem nenhuma novidade, não tem nada”, antes de seguir com seus seguranças para deixar o Aeroporto.

Diante de tantas recusas, restou ao gerente de futebol Toninho Cecílio explicar o caso. E confirmou: o fim da passagem de Valdivia pelo Palestra Itália está muito próximo. “A proposta é muito grande para o jogador, o Valdivia achou interessante. Não queremos vender o Valdivia agora, mas a proposta foi muito alta e temos que ter bom senso”, comentou o dirigente.

Os altos valores oferecidos pelos árabes seduziram não só o jogador, mas também a cúpula alviverde, que estava pessimista após os 8 milhões de euros (R$ 19 milhões) que o Hertha Berlin estava disposto a gastar no meia.

“A proposta é muito forte, bem melhor para o Valdivia do que a do Hertha. Para o Palmeiras, o valor é acima do que foi oferecido pelo Hertha, com uma forma de pagamento mais interessante”, explicou Toninho, sem , contudo, dizer que os alemães estão fora do páreo pelo chileno.

Apesar da proximidade da conclusão, as conversas, na opinião do gerente, só devem ter fim quando o Mago voltar do amistoso que disputa com a seleção chilena, na quarta-feira, contra a Turquia.

“O Valdivia viaja sábado em um vôo direto de São Paulo para Istambul. Enquanto isso, as negociações estão em andamento, em um curso normal, e podem ser definidas na próxima semana”, concluiu o dirigente.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Agora vai?
Pressa na negociação de Valdivia coincide com a proximidade do fechamento do mercado europeu

Topo