iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/08 - 14:11

Torcida 'ignora' Palmeiras e faz novo protesto
Jovem volante Matheus espera ser mantido no time após marcar um bonito gol contra o Palmeiras

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - A vitória sobre o Palmeiras, pela Copa Sul-Americana, não serviu para apagar por completo a irritação da torcida do Vasco com o atual momento do time no Campeonato Brasileiro, onde está na zona de rebaixamento. Durante o jogo com o Verdão, os torcedores realizaram diversas manifestações de protesto contra a atual equipe.

Os menos de mil pagantes que compareceram a São Januário não pouparam nem o atacante Edmundo - que ficou de fora da partida - de alguns xingamentos. Faixas e cartazes pedindo mais raça também foram estendidos no estádio.

Até o recém-contratado Fernando foi hostilizado pelos vascaínos, que não esqueceram o seu passado ligado ao Flamengo. Quando defendia o Rubro-Negro, o zagueiro teceu alguns comentários polêmicos sobre o clube de São Januário.

No domingo, quando o Vasco recebe o Internacional, em São Januário, o time terá mais uma oportunidade de tentar fazer as pazes com sua torcida.

E para a partida contra o Colorado, o técnico Tita terá o retorno de Edmundo e Jonílson, preservados na última quarta-feira. Já o zagueiro Jorge Luiz e o lateral-direito Wagner Diniz, que ficaram no banco e entraram no segundo tempo contra o Palmeiras, também reassumem seus postos entre os titulares.

Quem fica de fora é o atacante Leandro Amaral, ainda se recuperando de uma lesão no tornozelo esquerdo. Como Alan Kardec foi bem contra o Palmeiras, o jogador será mantido no ataque cruzmaltino. Tita, no entanto, não deverá adiantar a escalação para este jogo, só confirmando o time no próprio domingo.

No meio-campo, o jovem volante Matheus espera ser mantido no time após marcar um bonito gol contra o Palmeiras. O jogador promete muito empenho para convencer Tita de que merece uma vaga entre os titulares.

”É importante sempre trabalhar firme e, quando as oportunidades surgirem, procurar fazer o melhor. Graças a Deus fui bem ontem (quarta) e estou à disposição do treinador”, afirmou Matheus, que está no Vasco desde 2004.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo