iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/08 - 11:54

Gimnasia pode reduzir valor dos direitos de Herrera

Clube estaria de olho no lucro de uma possível transferência futura do jogador para a Europa

Agência Estado


SÃO PAULO - O Gimnasia de La Plata está mais flexível e aceita diminuir valores para negociar Herrera com o Corinthians. Topa até vender somente parte dos direitos econômicos - o clube tem 50% e Ricardo Schlieper, procurador do atleta, a outra metade - e faturar no futuro, caso ele seja negociando com um clube europeu.

A informação foi passada ao presidente Andrés Sanchez em Florianópolis pelo representante do argentino no Brasil, Walter Cirne. Eles se reuniram na terça-feira no hotel no qual o time ficou hospedado para o jogo contra o Avaí.

A pressa do Gimnasia em informar ao Corinthians que aceita negociar o valor de venda que consta no contrato de empréstimo, que vale até 31 de dezembro, ocorreu após a diretoria corintiana informar aos argentinos que não pagaria os US$ 3 milhões (R$ 4,8 milhões) estipulados.

Uma negociação agrada, já que o jogador marcou gols e conta com a confiança de Mano Menezes, treinador que o clube pretende seduzir para renovar até 2010. Herrera é vice-artilheiro do ano, com 15 gols, apesar da instabilidade e alguns momentos de jejum.

"Devemos tratar disso mais intensamente em outubro, quando o acesso do Corinthians estiver mais desenhado também. O preço é negociável", afirmou Cirne. Ainda não foram tratados valores, já que não se sabe quanto dos direitos econômicos pode ser comprado. Em 2007, o Gimnasia pagou US$ 1 milhão para o Real Sociedad, da Espanha, pelo jogador, e sonhava em revendê-lo à Europa.


Leia mais sobre: Gimnasia de La Plata Herrera

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

É importante sim
Apesar de momentos de jejum, Herrera é vice-artilheiro do Corinthians no ano

Topo