iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/08 - 18:01

Figueirense tenta encontrar volante ideal
Nesta quarta-feira, o clube apresentou Roger de Oliveira Bernardo, mais um volante, o oitavo do time

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - Com 35 gols sofridos, em 19 jogos disputados, o Figueirense tem a quarta pior defesa do Campeonato Brasileiro, com uma média de 1,84 tentos por partida. Para tentar reverter o mau desempenho do setor defensivo o alvinegro catarinense tem apostado nos seus volantes, mas tem tido dificuldades para encaixar um jogador na posição.

Nesta quarta-feira, o clube apresentou Roger de Oliveira Bernardo, mais um volante, o oitavo do time. O jogador, de 23 anos, chegou prometendo acirrar a disputa pela posição. “Respeito todos, mas ninguém quer ficar no banco. Todo mundo quer jogar. Mas, eu vim aqui para ajudar a equipe e depois procurar meu espaço”, declarou o jogador.

Questionado sobre o inchaço de jogadores na posição, o gerente de futebol, Anderson Barros, disse fazer parte do planejamento da equipe ter tantas peças à disposição. “Não é porque você já tem um determinado número de atletas para uma situação, que você não pode trazer outro até já pensando para uma situação mais à frente”, afirmou o dirigente.

Juntamente com Roger, ex-Guarani, o Figueirense apresentou o meia-atacante Jairo, que defendia o Palmeiras-B, e chega para reforçar o setor de criação da equipe. Com a má fase de Rodrigo Fabri, e a lesão de Marquinhos, que fraturou a clavícula, Jairo pode ser uma boa opção para o técnico PC Gusmão. No entanto, os dois novos reforços ainda estão sem ritmo de jogo, pois ambos não atuam há algum tempo, e não devem estrear neste sábado contra a Portuguesa, no Orlando Scarpelli.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo