iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/08 - 17:31

Chelsea de Felipão pode ser grande rival do Manchester no Campeonato Inglês
Um dos principais objetivos de Felipão no comando do Chelsea é mudar a opinião que as pessoas têm sobre o clube

EFE

LONDRES (Inglaterra) - Tendo como principal estrela o português Cristiano Ronaldo, o Manchester United é o time a ser batido na nova temporada do Campeonato Inglês, que começa neste fim de semana, embora desta vez tenha como grande adversário um Chelsea confiante e de comando renovado, com a contratação do treinador brasileiro Luiz Felipe Scolari.

Felipão sucede o israelense Avram Grant no cargo, e parece ter uma recepção melhor que a de seu antecessor, tratado sem consideração pela imprensa inglesa e incompreendido pelos torcedores desde que chegou ao clube londrino.

Um dos principais objetivos de Felipão no comando do Chelsea é mudar a opinião que as pessoas têm sobre o clube, que gerou ampla antipatia junto aos torcedores das demais equipes do país.

O clube londrino chega forte após a contratação do meia brasileiro naturalizado português Deco, e ainda tenta adquirir o atacante Robinho junto ao Real Madrid.

Ontem, o treinador brasileiro recebeu uma ótima notícia: o meia inglês Frank Lampard renovou com o Chelsea por mais cinco temporadas, pondo fim aos rumores que davam conta de uma possível transferência para a Inter de Milão, da Itália.

"Frank é um jogador chave para mim, e vital para o futuro do Chelsea. É um dos melhores profissionais com os quais já trabalhei", disse Felipão.

As mesmas incertezas com relação a chegada e saída de jogadores ocorreu no Manchester, atual campeão inglês e europeu, ambos os títulos conquistados em cima do Chelsea. Apesar da vontade de Cristiano Ronaldo de se transferir para o Real Madrid, o jogador permanece no clube comandado pelo técnico Alex Ferguson, após uma longa queda-de-braço entre as duas equipes.

O Manchester United também conta com outros excelentes jogadores, como os atacantes Rooney e Tévez, e os meias Giggs e Anderson, que tiveram importância fundamental nos títulos da última temporada.

Quem também entra na competição para brigar pelas primeiras posições é o Arsenal, treinado pelo francês Arsene Wenger, e que há algumas temporadas não conquista títulos.

Entretanto, o time é formado por jovens, uma aposta de Wenger, e pode sentir a falta de jogadores mais experientes como o goleiro alemão Lehmann e o meia brasileiro Gilberto Silva, que se transferiu para o Panathinaikos, da Grécia.

Também deixaram o Arsenal os meias Mathieu Flamini, da França, e Hleb, de Belarus. O primeiro se transferiu para o Milan, e o segundo foi contratado pelo Barcelona.

A equipe aguarda ainda a definição de quando o atacante brasileiro naturalizado croata Eduardo da Silva voltará à equipe.

O Liverpool também chega forte na competição, principalmente por causa de seu ataque, formado pelo espanhol Fernando Torres e pelo irlandês Robbie Keane.

O time também contratou o goleiro Diego Cavalieri, ex-Palmeiras, para a reserva de Pepe Reina. O argentino Javier Mascherano e os ingleses Carregher e Steven Gerrard são os destaques da equipe. O gigante atacante Peter Crouch é quem deixa o clube para vestir a camisa do Portsmouth nesta temporada.

De técnico novo - Mark Hughes assumiu o cargo após a saída do sueco Sven Goran Eriksson -, o Manchester City espera fazer uma campanha melhor no próximo campeonato e corre por fora na briga pelo título. Para isso, conta com os gols do recém-contratado atacante Jô, que integra a seleção olímpica do Brasil nos Jogos de Pequim.

Assim, com toda essa movimentação no mercado do futebol, o Campeonato Inglês promete ser agitado também dentro de campo.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo