iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/08 - 08:36

Ceni lamenta início inconstante e mantém Tricolor em alerta

Na opinião do capitão tricolor, os pontos que o time deixou escapar no início do campeonato estão fazendo falta

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A distância do São Paulo para a liderança do Campeonato Brasileiro faz o goleiro Rogério Ceni lamentar os pontos desperdiçados pelo clube no início da competição. Em 2006 e 2007, o Tricolor encerrou o turno na liderança da competição e, posteriormente, conquistou o título.

No entanto, nesta edição de 2008, o clube do Morumbi teve de se contentar em chegar à metade do Nacional ocupando o quarto lugar.

Na opinião do capitão tricolor, os pontos que o time deixou escapar no início do campeonato estão fazendo falta, principalmente a derrota que sofreu em casa para o Grêmio na estréia deste Brasileirão.

“Nosso problema foram as quatro primeiras rodadas. Perdemos para o Grêmio em um lance de bola parada, além de termos empatado com o Atlético-PR fora e com o Coritiba aqui. Já um empate com o Santos na Vila até que foi normal. Mas, se tivéssemos conseguido pelo menos um empate com o Grêmio, já derrubaria dois pontos deles e aumentaria um nosso”, analisou.

Assim, ao término do primeiro turno do Brasileirão, o São Paulo ocupa o quarto lugar, com 33 pontos, oito a menos que o líder Grêmio. Apesar de passar por situação diferente este ano, Rogério Ceni avisa que o título é possível, desde que o Tricolor se mantenha em alerta.

“É algo possível (o título) e muito difícil, como foram nos anos anteriores também. Só sente a dificuldade quem está no campo do jogo. Temos de diminuir a diferença no domingo e temos de lembrar não tem só o Grêmio na nossa frente (há também Cruzeiro e Palmeiras). Além disso, há clubes vindo de trás. Se não ganharmos do Grêmio, os times que estão atrás ficarão a um passo de nós”, concluiu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo