iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/08 - 14:26

Capello: 'Podemos ser bons como a Espanha'
Técnico da Inglaterra vê potencial para jogar tão bem quanto a campeã européia, e afirma ter certeza da classificação para a Copa

Trivela.com

LONDRES (Inglaterra) - A seleção inglesa pode ser tão forte quanto a Espanha, campeã européia. Pelo menos é o que afirma Fabio Capello, técnico do English Team, que tem a missão de reerguer a equipe após o vexame da ausência na última Eurocopa. Capello diz ter certeza de que a Inglaterra se classificará para a Copa do Mundo de 2010, com um futebol à altura das principais potências européias.

'Tecnicamente, os jogadores são tão bons quanto os da Espanha, mas com estilo e mentalidade diferentes', comentou Capello durante entrevista coletiva em Wembley. 'Temos um ótimo time, é importante nos concentrarmos em nós mesmos. Podemos nos classificar para a Copa do Mundo. Estaremos na África do Sul, estou certo'.

A Espanha, de certa forma, serve de inspiração para a Inglaterra, já que o título europeu da Furia acabou com um jejum de 44 anos sem grandes conquistas - o mesmo tempo que os ingleses terão em 2010, contando a partir do Mundial conquistado em 1966.

'O nível da Eurocopa foi bom. Temos este mesmo nível, ou melhor. Preciso transmitir este espírito para os jogadores, para que eles joguem com confiança. Nos quatro amistosos que fizemos, passo a passo fomos melhorando. Confio que no próximo jogo vamos atuar com muita confiança', argumentou o treinador italiano.

Nas partidas sob o comando de Capello, a Inglaterra venceu Suíça, Estados Unidos e Trinidad & Tobago, mas perdeu para a França. Na próxima semana, a equipe enfrenta a República Tcheca, em Wembley, no último amistoso antes de iniciar a disputa das eliminatórias do Mundial.

'Precisamos de uma boa organização, de jogar com velocidade e nem sempre com a bola longa', comentou Capello, que anuncia a lista de convocados no próximo sábado, após os primeiros jogos do Campeonato Inglês.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo