iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/08 - 14:36

Ansioso, Marcelinho Paraíba já se coloca à disposição de Caio Jr
"Não vejo a hora de vestir a camisa e ajudar meus companheiros a conquistar as vitórias", disse o recém-contratado

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Após a refugada do uruguaio Richard Morales, que se assustou com um protesto da torcida do Flamengo na última semana e desistiu da transferência, Marcelinho Paraíba foi o escolhido pelo Rubro-Negro para reforçar a equipe na sequência do Campeonato Brasileiro. Anunciado no último domingo como reforço da equipe carioca, o atacante não esconde a ansiedade por se apresentar na Gávea.

“A ansiedade é grande e estou muito feliz por estar firmando contrato com um clube como o Flamengo, com uma grande história e uma torcida imensa. Não vejo a hora de vestir a camisa e ajudar meus companheiros a conquistar as vitórias”, afirmou à Rádio Brasil o ex-jogador de São Paulo e Grêmio, que atuará no Rio de Janeiro pela primeira vez na carreira.

“É uma satisfação jogar no Rio de Janeiro. Já joguei em São Paulo, em Porto Alegre, dois grandes centros, e estou muito feliz com a chance de jogar no Rio agora”, complementou.

Aos 33 anos, Marcelinho Paraíba aceitou deixar a Alemanha, país em que atuou nas últimas oito temporadas. Depois de passar com destaque pelo Werder Bremen, o atacante defendia Wolfsburg, onde se preparava para a Bundesliga de 2008/09.

Com o destino definido, espera chegar ao Rio até quinta-feira e já garante estar pronto para jogar. “Estou bem fisicamente, estava realizando a pré-temporada com o Wolfsburg e chegando aí (no Rio de Janeiro) não vai ter nenhum problema para entrar em campo”, assegurou o atacante.

Mesmo longe, Marcelinho confirmou que acompanhava o Brasileiro. “O Flamengo está fazendo uma boa campanha, já esteve ali em primeiro. O grupo é bom, estou acompanhando daqui e vou chegar com toda vontade de ajudar o time a ser primeiro de novo”.

O jogador ainda confirmou que não tem preferência por posição no Flamengo e se colocou à disposição para atuar tanto no meio-campo, como também como um segundo atacante. Tudo depende da vontade de Caio Júnior.

Reforços difíceis – Se Marcelinho Paraíba já fala como jogador do Flamengo e aguarda só o desembarque no Rio de Janeiro para assinar contrato, a diretoria rubro-negra mostra pessimismo em relação aos acertos com o meia Felipe e o atacante Vágner Love. Os dois jogadores não encontraram facilidades para serem liberados pelo Al Sadd, do Catar, e o CSKA de Moscou, respectivamente.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo