iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/08 - 21:24

“Tivemos chance de matar o jogo”, diz Renato Gaúcho

"Jogar 11 contra 11 já é difícil e com um a menos fica ainda mais. Em poucos minutos, levamos os gols da virada”

Gazeta Esportiva

IPATINGA - O técnico Renato Gaúcho não escondeu a frustração com a derrota por 2 a 1, de virada, para o Ipatinga neste domingo. O treinador acredita que, depois de ter inaugurado o placar com Tartá, o Tricolor das Laranjeiras teve outras chances para definir o jogo ainda no primeiro tempo, mas não aproveitou as oportunidades.

“A equipe até que estava bem e fizemos o gol no primeiro tempo. Tivemos mais oportunidades claras para acabar com o jogo, mas, infelizmente, isso não aconteceu. No começo do segundo tempo, perdemos o Fabinho (expulso). Jogar 11 contra 11 já é difícil e com um a menos fica ainda mais. Infelizmente, em poucos minutos, levamos dois gols da virada”, lamentou.

Fabinho recebeu o cartão vermelho no início do segundo tempo. O Ipatinga, então, aproveitou a oportunidade de atuar com um a mais em casa para virar o placar, com gols de Adeílson e Kempes.

Apesar da falta que Fabinho fez à equipe no estádio Ipatingão, Renato Gaúcho não criticou o atleta pela expulsão. “Não vou ficar acusando jogador. Aqui, todo mundo ganha e todo mundo perde. Era importante essa vitória para nós e tivemos a chance de matar no primeiro tempo, mas não fizemos. No segundo, o Ipatinga cresceu bastante. Perdemos um jogo que estava em nossas mãos e temos de trabalhar”, comentou.


Leia mais sobre: Renato Gaúcho Fluminense

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias