iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/08 - 19:15

“Operária”, Portuguesa credita vitória à preleção
“O importante não é o que você diz, mas a maneira como os jogadores ouvem”, ensinou Espinosa

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A Portuguesa reagiu no Campeonato Brasileiro neste domingo, no Canindé, ao vencer o vice-líder Cruzeiro por 2 a 1. Para o técnico Valdir Espinosa e seus comandados, a preleção antes da partida foi decisiva para o resultado.

“O importante não é o que você diz, mas a maneira como os jogadores ouvem”, ensinou Espinosa. Autor do primeiro gol da partida, o atacante Jonas concordou: “A preleção foi importante, diferente. Todos disseram o que faltava para a vitória, e colocamos isso em prática. Não adianta só falar”.

Na conversa, o jogador cobrou de seus companheiros uma equipe “operária” dentro de campo. “Temos muita qualidade, mas isso tem que aparecer. Sem a bola, devemos ser um time de operários, com todos se ajudando de maneira compacta. Quando estamos com a bola, é preciso jogar”, definiu Jonas.

Satisfeito com o desempenho da Portuguesa neste final de semana, Espinosa espera ainda mais de seus atletas contra o Figueirense, na próxima rodada. “Tínhamos que mudar tudo, o comportamento, o jogo e a maneira de conversar. Tudo isso já está melhorando, e vai melhorar ainda mais. Se ficarmos parados, achando que está bom, deixaremos para amanhã. Isso não pode ocorrer”, alertou.

“As pessoas apontavam o Cruzeiro como favorito, mas mostramos que somos fortes”, comemorou Jonas.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo