iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/08 - 18:16

Túlio não marca, mas Vila bate o líder TImão

Resultado permite que o Corinthians deixe liderança da Série B, caso perca para ao Avaí, fora de casa, na terça

Gazeta Esportiva

 
GOIÂNIA - O artilheiro Túlio Maravilha não cumpriu sua promessa e, apesar de ter dado trabalho ao goleiro Felipe, passou em branco na partida deste sábado, contra o Corinthians, no Serra Dourada. O Vila Nova, no entanto, jogou bem e, com um gol de Pedro Júnior, ironicamente o substituto de Túlio, bateu líder isolado da Série B: 2 a 1.

O resultado derrubou a invencibilidade corintiana fora de casa na Série B e pode fazer o time do Parque São Jorge perder a liderança na próxima rodada, já que o Avaí, adversário de terça-feira, bateu o Bragantino neste sábado e chegou aos 33 pontos, dois a menos que o Timão.

O Timão volta a jogar na terça-feira, em Santa Catarina, diante do Avaí, às 20h30, no estádio da Ressacada. O Vila Nova também entrará em campo na terça, novamente no Serra Dourada, quando terá pela frente o Brasiliense, do Distrito Federal.

O jogo
As duas equipes começaram a partida em ritmo lento, principalmente pelo intenso calor que castigou a capital goiana na tarde deste sábado. Com mais iniciativa, os donos da casa tiveram a primeira chance para abrir o placar apenas aos 11 minutos.

Túlio, o “artilheiro-falastrão”, teve em seus pés a oportunidade de cumprir a promessa e balançar as redes de Felipe, mas pegou mal na bola após cruzamento de Reinaldo e mandou por cima do travessão.

A resposta alvinegra foi rápida. André Santos encontrou uma brecha no meio da zaga goiana e lançou Douglas, que invadiu a área em velocidade e tentou encobrir o goleiro Max, mas o camisa um do Vila saiu bem da meta e fez a defesa, evitando o gol.

A partida ganhou em emoção e as equipes seguiram criando boas chances. Douglas e Elias, pelo Corinthians, e mais uma vez Túlio, pelo Vila, perderam o duelo com os goleiros, mas Alex Oliveira, não.

Aos 34 minutos, o camisa dez aproveitou bom cruzamento de Osmar pela direita, pegou a sobra da defesa e, de perna esquerda, acertou o cantinho do goleiro Felipe, que se esticou todo, mas não alcançou: 1 a 0 e vantagem garantida até o intervalo.

Mano Menezes voltou do intervalo com duas novidades: Denis, cortado até do banco contra o Juventude, substituiu o apagado Carlos Alberto e Wellington Saci substituiu Eduardo Ramos, como de costume. O Vila voltou igual e só não ampliou em cruzamento fechado de Osmar graças a Felipe, que estava atento e evitou o segundo gol.

Quem não conseguiu evitar o gol foi Max, quando Douglas arriscou o chute de longe e André Santos, consciente, fez o desvio, enganando o goleiro e deixando tudo igual no placar do Serra Dourada.

O empate fez o jogo ficar aberto novamente e o experiente Caíco deu trabalho para Felipe, quase marcando o segundo gol dos donos da casa. O Corinthians também desperdiçou boas chances para virar, mas, com o passar do tempo, resolveu administrar o resultado para tentar garantir a invencibilidade fora de casa na competição.

Esse foi o erro. Por ironia do destino, depois de Bruno Batata acertar a trave de Felipe, coube a Pedro Júnior, substituto de Túlio, marcar o segundo gol e derrubar o líder. Na seqüência, Felipe pegou a bola com a mão fora da área e recebeu cartão vermelho. André Santos foi para o gol, mas o placar seguiu inalterado: 2 a 1.

FICHA TÉCNICA: (veja como foi o jogo lance a lance)
VILA NOVA 2 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 9 de agosto de 2008 (sábado)
Horário: 16h10 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Souza de Mendonça (PE)
Assistentes: Jossemmar José Diniz Moutinho e José Pedro Wanderlei da Silva (PE)
Cartões amarelos: Valença, Fernandinho (Vila Nova), Fabinho (Corinthians)
Cartão vermelho: Felipe (Corinthians) 

GOLS:
VILA NOVA: Alex Oliveira, aos 34 minutos do primeiro tempo, Pedro Júnior, aos 43 minutos do segundo tempo
CORINTHIANS: André Santos, aos 7 minutos do segundo tempo

VILA NOVA: Max; Osmar, Valença, Luís Carlos e Fernandinho; Heleno, Soares, Reinaldo (Caíco) e Alex Oliveira; Túlio (Pedro Júnior) e Wando (Bruno Batata)
Técnico: Givanildo Oliveira

CORINTHIANS: Felipe; Carlos Alberto (Denis), William, Fábio Ferreira e André Santos; Fabinho, Elias, Eduardo Ramos (Wellington Saci) e Douglas; Dentinho e Herrera (Diogo Rincón)
Técnico: Mano Menezes


Leia mais sobre: Corinthians Vila Nova Túlio Maravilha Série B

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Timão fica atrás
Herrera corre atrás de rival, em dia que o Corinthians não evitou a vitória do Vila Nova

Topo