iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/08 - 21:32

Tchô minimiza derrota no retorno. Gedeon se revolta.
'Infelizmente, não era a volta que eu queria. Nós perdemos, agora não podemos ficar lamentando", disse

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - O atacante Tchô não jogava pelo Atlético-MG desde janeiro, quando sofreu uma fratura na tíbia da perna direita. Retornou neste sábado, mas deixou o campo com uma derrota por 4 a 0 para o Grêmio na conta, em partida válida pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. E com um retorno, segundo o próprio, digno de ser esquecido.

'Infelizmente, não era a volta que eu queria. Nós perdemos, agora não podemos ficar lamentando, porque o Brasileiro tem jogos muito rápidos. Quarta-feira já tem jogo de novo (pela Sul-Americana), e temos que ver o que erramos dentro desse jogo para não erramos de novo', lamentou, segundo o portal UAI.

Tchô entrou na partida na metade do segundo tempo, substituindo Márcio Araújo. Aos 37 minutos, o atacante teve a chance de marcar o gol de honra do Atlético-MG, mas o goleiro gremista Victor espalmou para fora seu chute à queima-roupa.

Desabafo - O meia Gedeon deixou o campo inconformado com a derrota elástica para o Grêmio. Substituto de Rafael Miranda, o jogador acredita que o time tinha plenas condições de vencer o primeiro colocado do Brasileirão no Mineirão.

'Tomamos gols demais, pelo amor de Deus! Temos que parar com isso! É uma vergonha de todos. Dentro de casa tomar de quatro do Grêmio? É o líder, mas se o nosso time jogasse, ganhávamos deles, pô!', afirmou Gedeon.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo