iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/08 - 21:07

Roth rebate euforia e pede concentração no Grêmio
“(A conquista) tem o valor simbólico, mas não podemos nos empolgar", ressaltou o técnico Celso Roth

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - A conquista do primeiro turno do Campeonato Brasileiro não vale troféu, mas o Grêmio não escondeu o otimismo por ser o líder da classificação após 19 rodadas. Ciente da mística de que cerca o feito, o time gaúcho quer agora evitar a euforia e continuar em busca do título nacional, que não conquista desde 1996.

“(A conquista) tem o valor simbólico, mas não podemos nos empolgar. Vamos manter a concentração e o respeito entre nós”, afirmou o técnico Celso Roth, esfriando a comemoração e pensando já no clássico contra o Internacional na quarta-feira, válido pelas eliminatórias nacionais da Copa Sul-americana.

“Futebol é isso. A vitória já passou, a derrota também passa. Temos que ser maduros o suficiente e lembrarmos que temos um clássico na quarta-feira, onde o torcedor do Grêmio vai querer ver o mesmo rendimento”, acrescentou Roth.

Com a goleada sobre o Atlético-MG neste sábado, o Grêmio chegou aos 41 pontos no Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro tem um jogo a menos, mas pode chegar apenas a 39 caso vença a Portuguesa no Canindé no domingo.

Coincidentemente, desde que adotou o sistema de pontos corridos em sua disputa, em 2003, o torneio nacional vem registrando uma estranha estatística: todos os times que venceram o primeiro turno mantiveram o embalo no segundo e confirmaram a conquista. Foi assim com Santos (2002 e 2004), Cruzeiro (2003), Corinthians (2005) e São Paulo (2006 e 2007).

Como lembrado pelo treinador gremista, o próximo compromisso do time acontece na quarta-feira, no Gre-Nal. As duas equipes medem forças no Beira-Rio, a partir das 21h50 (horário de Brasília).


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo