iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/08 - 16:56

Em busca de tranqüilidade, Fluminense se refugia em Mangaratiba

"O Renato estava precisando deste tempo para trabalhar em todas as áreas”, explicou o lateral-esquerdo Junior César

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - A partir da segunda-feira, o técnico Renato Gaúcho terá mais tranqüilidade para tentar tirar o Fluminense da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Por decisão da diretoria do clube, confirmada neste final de semana, o elenco tricolor irá se refugiar por cinco dias na pequena cidade de Mangaratiba, na região de Itaguaí, RJ.

A programação do Flu envolve treinos de segunda a sexta-feira para que os jogadores intensifiquem a parte física antes do início do segundo turno do Brasileirão. Sem compromissos no meio da semana pela Copa Sul-americana, o Tricolor só entra em campo de novo no próximo domingo, quando recebe o Atlético-MG no Maracanã às 18h10.

Durante o período, serão oito treinamentos para que Renato Gaúcho trabalhe também a parte tática de seus jogadores. Sem a pressão da torcida que teria no Rio de Janeiro, o elenco do Tricolor das Laranjeiras espera que a tranqüilidade de Mangaratiba, de menos de 30 mil habitantes, possa ajudar a equipe a conquistar melhores resultados.

“A diretoria acertou ao tirar o time do Rio para que possamos trabalhar forte. O Renato estava precisando deste tempo para trabalhar em todas as áreas”, explicou o lateral-esquerdo Junior César, que sai em defesa do trabalho feito por Renato Gaúcho no clube.

“O Renato não tem nada a ver com esta situação. Ele é um grande treinador e um grande companheiro para nós. O futebol é assim: quando você está mal, a culpa é do técnico. Mas isso é errado porque só nós podemos mudar esta situação”, acrescentou o jogador, em tom filosófico.

O Fluminense é o atual vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas 16 pontos somados em 18 jogos. No domingo, porém, o time tem a chance de deixar as últimas colocações, desde que vença o Ipatinga fora de casa. O confronto começa às 18h10 (horário de Brasília).


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo