iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/08 - 21:46

Caio Jr: “Foi como tirar um prédio das minhas costas”
Tranqüilidade. Era isso que, após uma vitória redentora do Flamengo, mostrava o semblante do técnico Caio Júnior.

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Com o 1 a 0 em cima do Furacão, no Maracanã, o time rubro-negro voltou a vencer após sete rodadas, o que trás de volta momentos de calma à Gávea, como se via no tempo em que a equipe liderava o Campeonato Brasileiro.

Para Caio Júnior, o resultado de hoje não só foi merecido, mas foi uma espécie de “compensação” pelos jogos passados, em que o Flamengo teria jogado bem e merecido os três pontos.

“Merecemos essa vitória não só por hoje, mas por vários jogos, que jogamos bem e perdemos ou empatamos. Temos um bom aproveitamento no campeonato. Esperamos conseguir um aproveitamento acima de 60% no segundo turno”, comentou Caio, que vinha sendo hostilizado por parte da torcida pelos maus resultados.

O técnico ainda se disse aliviado com o fim do jejum, e descreveu a sensação como “se tivessem tirado um prédio das minhas costas”.

“É a sensação de tirar um prédio das costas. Eu, como técnico aponto as coisas boas do time, para melhorar a confiança dos jogadores. A equipe estava no limite da ansiedade, mas a torcida entendeu, apoiou e nos ajudou a conseguir a vitória, é um alívio para começarmos o segundo turno tranqüilos”, concluiu.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo