iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/08 - 17:50

Hélio dos Anjos pode desfalcar Goiás por 180 dias
Árbitro Luiz Alberto Bites, de Goiás x Sport, reclamou na súmula ter sido ofendido e ameaçado pelo treinador

Gazeta Esportiva

GOIÂNIA - O Goiás pode sofrer uma grande baixa para o segundo turno do Campeonato Brasileiro. Na próxima terça-feira, o técnico Hélio dos Anjos será julgado pela Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), após denúncia comunicada oficialmente ao clube nesta sexta-feira.

O treinador foi incurso no artigo 188 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por denúncia feita após a partida entre Goiás e Sport, realizada em 27 de julho do estádio Serra Dourada. Na ocasião, o quarto árbitro Luiz Alberto Bites reclamou ter sido ofendido e ameaçado pelo treinador, relatando o caso na súmula.

O artigo 188 do CBJD julga atletas, treinadores ou dirigentes por “manifestar-se de forma desrespeitosa ou ofensiva contra membros do Conselho Nacional de Esporte (CNE), dos poderes das entidades desportivas ou da Justiça Desportiva, e contra árbitro ou auxiliar em razão de suas atribuições, ou ameaçá-los”. Caso condenado, Hélio dos Anjos pode pegar um gancho que varie entre 30 e 180 dias de suspensão.

No entanto, o Esmeraldino demonstra bastante confiança com a possibilidade de uma absolvição de seu treinador. De acordo com José Antônio de Moraes, advogado interno do departamento jurídico do clube, a alegação da arbitragem não tem embasamento suficiente para condenar Hélio dos Anjos no julgamento, no qual será defendido por outro advogado do Goiás, João Bosco Luz.

“Eu acho meio difícil que, em um estádio cheio daqueles, um árbitro consiga escutar alguma coisa a dez metros de distância”, disse José Antônio, em contato telefônico com a Gazeta Esportiva.Net.

“Nossa expectativa é absolver. A não ser que ele (quarto árbitro) tenha uma escuta na mesa dele. O mínimo que um árbitro fica do treinador no campo é dez metros. E não dá pra escutar nada com a torcida gritando daquele jeito, como fica”, alegou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo