iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/08 - 11:50

Fernandes reúne elenco para arrumar a casa no Santos
"É um momento em que a gente precisa ter bastante conversa e tranqüilidade", disse o novo treinador

Gazeta Esportiva

SANTOS - Depois de a diretoria antecipar, em um dia, a viagem da delegação santista para Recife, o Santos desembarcou na capital pernambucana no final da tarde desta quinta-feira. Neste domingo, o Peixe enfrenta o Náutico, às 18h10 (de Brasília) nos Aflitos, onde o interino Márcio Fernandes terá mais uma oportunidade de mostrar seu trabalho como treinador principal do time.

Antes do embarque da delegação santista, nesta quinta-feira no CT Rei Pelé, Fernandes declarou que realizaria uma reunião com o elenco para arrumar a casa, tão logo o Santos chegasse à capital pernambucana.

“Ainda não conversei com os jogadores, mas vamos ter uma reunião lá em Recife. É um momento em que a gente precisa ter bastante conversa e tranqüilidade”, disse o interino, no embarque da delegação.

De acordo com Fernandes, a série de maus resultados do time em 18 partidas no Brasileirão já é coisa do passado. No seu entendimento, ficar remoendo o passado não irá solucionar os problemas da equipe na competição.

“Quando as coisas não estão indo bem não adianta você só colocar o dedo na ferida, acho que a hora agora é de esquecer o passado e encontrar o remédio para solucionar essa ferida”, receitou Fernandes, que conta com a total confiança do presidente do clube Marcelo Teixeira.

“O presidente me passou tranqüilidade para que eu possa fazer o melhor, o mesmo trabalho que eu vinha mostrando nos juniores. Espero poder junto com esses jogadores conseguir uma melhor sorte, que o time não estava tendo. Essa é a minha esperança”, projetou.

Já o zagueiro Fabiano Eller, está esperançoso com a presença de um novo comandante para a equipe. Segundo o jogador, com o ex- treinador Cuca, o Santos não conseguia apresentar o seu melhor futebol.

“O Cuca tentou nos ajudar, mas infelizmente não deu. Não era insegurança do time. Tínhamos muita vontade, mas o time estava jogando mal. Espero que com o novo treinador a gente possa tomar novos rumos e voltar a vencer no campeonato porque está realmente complicado”, desabafou Eller.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo