iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/08 - 22:20

Embalados, Atlético-MG e Grêmio se enfrentam no Mineirão

Pela frente, tricolor gaúcho tem um Galo embalado por ter conseguido duas vitórias seguidas pela primeira vez no campeonato

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - O Atlético-MG recebe o Grêmio na partida que pode definir o título simbólico de ‘campeão de inverno’ do Brasileirão. Se vencer, o time gaúcho fecha o primeiro turno com a melhor campanha da competição, sem depender do resultado do vice-líder Cruzeiro.

Pela frente, o Tricolor tem um Galo embalado por ter conseguido duas vitórias seguidas pela primeira vez no campeonato, seqüência que o afastou das últimas posições.

Além de abandonar a briga pelo rebaixamento, o Atlético-MG espera também que o bom momento traga paz ao clube, especialmente em relação à torcida. No último mês, vários atleticanos preferiram protestar do lado de fora a entrar no Mineirão. As críticas são voltadas majoritariamente à diretoria, personificada na figura do presidente Ziza Valadares.

Mesmo não sendo o alvo primário, os jogadores se sentem atingidos por estilhaços e pedem um trégua. “O torcedor tem que voltar a estar do nosso lado, porque com a força do torcedor a gente fica muito mais forte. Então a gente espera que ele possa comparecer no sábado e nos incentivar do começo ao fim, que a gente vai contribuir com a vitória”, suplica o goleiro Édson.

Mesmo com duas vitórias nos dois jogos em que comandou a equipe, o técnico Marcelo Oliveira pede cautela em relação à boa fase. Ele enxerga defeitos na equipe, como os que levam a sofrer gols nos primeiros minutos da partida, algo que tem sido corriqueiro.

“Precisamos organizar melhor nosso sistema defensivo. Temos bons atletas, nos quais temos absoluta confiança, mas é preciso evitar esse tipo de desatenção e isso será conseguido nos treinamentos e também nas conversas que temos com o grupo”, garante o treinador.

Se a fase do Atlético-MG é boa, a do Grêmio é excepcional. Já são nove partidas sem perder – seis vitórias e três empates –, seqüência que levou o time à liderança isolada com 38 pontos. Fora de casa, o Tricolor vem de dois ótimos resultados, vencendo o Figueirense por 7 a 1 e o Coritiba por 1 a 0.

O técnico Celso Roth, contudo, tem de lidar com um efeito colateral do alto desempenho. Alguns jogadores vêm apresentando cansaço acima do comum e devem começar a ser poupados em breve. “Estamos perto de um limite físico, se é que já não chegamos lá”, alerta. Depois de enfrentar o Galo, o Grêmio ainda tem um Grenal pela Copa Sul-Americana, no meio da semana seguinte.

Deixando os problemas para o treinador, os jogadores começam a enxergar o sonho do título como algo palpável. “A gente tem conversado bastante sobre essa possibilidade desde o início do campeonato, e ainda mais agora, com a liderança. Mas o campeonato é muito difícil. A gente sabia que teria dificuldades. Esperamos que continue dando tudo certo para nós, que os resultados continuem saindo”, afirma o zagueiro Rever.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X GRÊMIO

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 9 de agosto de 2008
Horário: 18h20 (em Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Assistentes: Ednílson Corona (SP) e César Augusto Vaz (DF)

ATLÉTICO-MG: Édson; Mariano, Leandro Almeida, Vinícius e César Prates; Rafael Miranda, Serginho, Márcio Araújo e Petkovic; Marques (Raphael Aguiar) e Jael
Técnico: Marcelo Oliveira

GRÊMIO: Victor; Léo, Pereira (Thiego) e Rever; Paulo Sérgio, Rafael Carioca, Willian Magrão, Tcheco e Anderson Pico (Helder); Perea e Marcel
Técnico: Celso Roth


Leia mais sobre: Brasileirão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Segue a comemoração?
Grêmio viajará para Belo Horizonte para estragar a continuação da festa atleticana

Topo