iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/08 - 11:45

Oposto de Túlio, Herrera evita prometer gol para sábado

Túlio é artilheiro da série B com 15 gols e Herrera tem sete; corintiano prefere não entrar em provocação

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O duelo entre Vila Nova e Corinthians, neste sábado, às 16h10, no Serra Dourada, colocará frente a frente dois dos principais artilheiros da Série B Nacional: Túlio, goleador da Série B, com 15 gols, e Herrera, que já balançou as redes em sete oportunidades. O faro de gol, no entanto, é o único ponto em comum entre o veterano atacante da equipe goiana e o argentino querido pela Fiel.

Falastrão, Túlio já mandou o recado para seu ex-clube e prometeu balançar as redes do Alvinegro no sábado. Herrera preferiu não responder na mesma moeda.

“Não me importo com o que falam os demais. Eu não gosto de prometer gol, e sim me entregar todo para o Corinthians. Tem muitos jogadores que falam para tentar atrapalhar o time, mas temos que pensar apenas em nós”, avisou Herrera.

“Eu tento fazer minha parte. Não gosto de prometer coisas, pois, se prometer, tenho que cumprir e, às vezes, é difícil. Tento ajudar o time e me comprometer a fazer tudo pela camisa que eu visto”, completou.

Velho conhecido de Túlio, adversário que enfrentou em duas oportunidades na caminhada rumo ao inédito título goiano do Itumbiara, o lateral-esquerdo Wellington Saci, eleito melhor jogador da competição, também evitou polemizar com as declarações dadas pelo ex-rival.

“No meu modo de ver, cada um tem seu modo de se expressar. O Túlio fala muito, mas faz gols também. O Herrera é caladinho, mas é mais novo, mais guerreiro. No sábado, espero que o Herrera faça e o Túlio não”, brincou.

Para Saci, apesar de já estar com 39 anos, Túlio ainda tem muita lenha para queimar no futebol. O jogador avisou, inclusive, que se fosse dirigente o contrataria sem pensar duas vezes.

“O Túlio fala essas coisas, mas é um excelente profissional, uma excelente pessoa. Me passou força quando vim para cá, me avisou sobre a pressão. Eu o contrataria, pois tem experiência, faro de gol e, dentro da área, deixa os zagueiros preocupados”, concluiu.


Leia mais sobre: Corinthians

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo