iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/08 - 00:31

Minutos depois de garantir permanência, Lopes é demitido

Time de São Januário foi derrotado por 2 a 0 para o Coritiba, em casa, e sua permanência teria ficado insustentável

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Poucos minutos depois de garantir em entrevista coletiva que continuaria como técnico do Vasco da Gama, o técnico Antônio Lopes acabou demitido de seu cargo. O time de São Januário foi derrotado por 2 a 0 para o Coritiba, em casa, nesta quarta-feira, e sua permanência - segundo a diretoria - teria ficado insustentável.

Durante e após o jogo, Lopes foi severamente hostilizado por uma parte da torcida alvinegra, sendo vaiado e chamado repetidamente de “burro”. Depois da partida, além de anunciar que ficaria, Lopes também afirmou que confiava no time e que o Vasco não iria cair para a Série B, pois ele estava trabalhando para motivar a equipe.

O treinador também comentou que tinha plena confiança de Roberto Dinamite mas, curiosamente, a decisão de sua demissão foi tomada justamente pelo presidente vascaíno, que também ouviu ofensas da torcida na derrota de hoje. O nome do novo técnico ainda não foi divulgado pela diretoria.

A decisão de demitir Lopes aconteceu logo após a partida em uma reunião na sala da presidência, enquanto Lopes concedia sua entrevista coletiva para a imprensa, no dia em que comemorava 600 jogos à frente do time de São Januário.

Com o resultado, o Vasco se manteve com 19 pontos e segue em situação delicada na tabela, na 15ª colocação, beirando a zona de rebaixamento para a segunda divisão nacional. Já o Coritiba soma agora 29 e entra definitivamente na briga por uma vaga no G-4.


Leia mais sobre: Antônio Lopes Vasco da Gama

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo