iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/08 - 22:57

Marcos comemora G-4, mas diz que "é cedo para apontar favoritos"

Goleiro lembra que ainda faltam 19 rodadas e que muita coisa ainda pode mudar no segundo turno

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O Palmeiras conseguiu vencer o campo encharcado do Palestra Itália e o Vitória nesta quinta-feira, garantindo-se no G-4 nesta penúltima rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Figura-chave do clube no jogo, o goleiro Marcos comemorou a terceira colocação no Palmeiras na tabela, mas tratou de rechaçar o favoritismo para a seqüência do torneio.

O experiente goleiro palmeirense admitiu que as equipes que estão na zona de classificação para a Copa Libertadores da América nesta primeira metade do Nacional entram no segundo turno com um entusiasmo a mais, mas afirmou que ainda é muito cedo para definir os favoritos ao título.

“Como o campeonato é longo, muita coisa ainda vai acontecer. Jogamos todos esses jogos do primeiro turno e nenhum foi fácil, em nenhum a equipe do Palmeiras sobressaiu, passou fácil pelo adversário. Claro, todo campeonato tem sempre seus favoritos, aqueles que tiveram um maior investimento, construíram um melhor elenco... Mas é muito cedo para apontar favoritos”, comentou Marcos, em entrevista no gramado após a vitória sobre o Rubro-Negro baiano.

Autor do primeiro gol do jogo, aos 16 minutos do primeiro tempo, o chileno Valdívia agradeceu os gritos da torcida palmeirense que pediam sua permanência no Parque Antártica: “Fica Valdívia”, repetia seguidamente uma parte da torcida alvi-verde na noite desta quinta-feira. Estipula-se que o jogador da seleção chilena possa deixar o Palmeiras para defender o Hertha Berlin, da Alemanha.

“A gente fica agradecido por tudo que o torcedor faz comigo. Eu sempre digo, e faço questão de repetir que sou um cara agradecido ao torcedor palmeirense”, comentou o chileno.

Se o Palmeiras conquistou certa tranqüilidade com os três pontos adicionais, o Vitória, por sua vez, com a derrota por 3 a 0 luta para voltar ao G-4 na última rodada desta primeira metade do torneio, tentando ultrapassar o São Paulo.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo