iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/08 - 20:38

Com fogos e pipoca, torcida do Náutico protesta nos Aflitos

Timbu está na zona de rebaixamento e Pintado foi demitido do cargo

Gazeta Esportiva

RECIFE - Pela primeira vez nesta edição do Campeonato Brasileiro, o torcedor do Náutico vê seu time ocupar a zona de rebaixamento. Isso, aliado à derrota da equipe para o Atlético-PR nesta quarta-feira e a demissão do técnico Pintado, foi o suficiente para a torcida promover protestos no Estádio dos Aflitos.

Na tarde desta quinta-feira, durante a reapresentação do elenco, cerca de 20 torcedores integrantes de uma organizada foram ao Estádio e mostraram seu descontentamento com a situação atual do clube. O grupo soltou fogos no local e xingou os jogadores. Incomodado, o zagueiro Everaldo foi o único a atender o grupo e prometeu mais empenho nas próximas rodadas.

A resposta dos manifestantes, no entanto, não calorosa. “É bom que vocês vençam mesmo. Se a gente não ganhar do Santos, vai ganhar de quem? Se vocês não ganharem no domingo, vocês não vão sair daqui”, ameaçou um torcedor.

Na saída dos atletas, o grupo ainda atirou pipocas nos carros de alguns jogadores, cobrando mais empenho do grupo que, no início do Brasileirão, chegou a ser líder da competição. Ao ser informado sobre o protesto, o presidente Maurício Cardoso deu razão ao grupo.

“Não sabia que havia esse protesto, mas acho normal. O torcedor tem todo o direito de protestar em relação à campanha até certo ponto vergonhosa que nós estamos fazendo. Se nós não tivéssemos feito uma campanha boa no começo do campeonato, não sei onde nós estaríamos”, disse o dirigente.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo