iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/08 - 18:28

Anunciado pelo Remo, Léo Guerra acerta com o Paysandu

Atacante gera confusão entre os rivais paranistas

Gazeta Esportiva

BELÉM - O atacante Léo Guerra é o protagonista de mais um imbróglio entre Remo e Paysandu. Pretendido pelas duas equipes, o jogador acabou assinando com o Papão, que teria atravessado as negociações.

O atraso do Remo no pagamento de seus jogadores, e o bom relacionamento com o técnico do Paysandu, Dário Lourenço, com quem já trabalhou, acabaram pesando na escolha de Guerra, segundo seu empresário.

Para o supervisor de futebol do Remo, Sérgio Papellin, a questão financeira não era entrave para a negociação. De acordo com ele, tudo já havia sido combinado com o empresário de Guerra. Com o acerto do atacante com o rival, o clube do Baenão segue à procura de um novo atacante. “Se ele decidiu ir para o lado de lá, não tem problema”, declarou Papellin.

Alheio à situação, o jogador chegou a Belém sem saber da disputa travada entre as duas equipes paraenses. “Meu empresário foi quem cuidou de tudo. Depois, ele me disse que o Paysandu tinha entrado em contato e eu falei que estava disposto. Chegando aqui, soube que o Remo havia entrado em contato, mas que meu empresário estava preocupado com os salários atrasados e, por isso, fechou com o Paysandu”, explicou-se Guerra.

Léo Guerra, de 32 anos, é a segunda principal contratação do Papão para a temporada, depois do treinador Dário Lourenço. O jogador defendia o Macaé, do Rio de Janeiro.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo