iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/08 - 21:45

Vasco perde em casa para o Coritiba e Lopes cai
Com o resultado, o time da casa ficou em 16º lugar com 19 pontos ganhos; Antonio Lopes é demitido

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Numa noite que deveria ser festiva já que o técnico Antonio Lopes estava completando 600 jogos como treinador do Vasco, o time carioca voltou a decepcionar e foi derrotado pelo Coritiba por 2 a 0 em partida disputada na noite desta quarta-feira em São Januário pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Assista aos gols no player ao lado >>

Com o resultado, o time da casa ficou em 16º lugar com 19 pontos ganhos nas proximidades da zona do rebaixamento enquanto o Coritiba chegou à sexta posição com 29 pontos.

O resultado foi merecido porque o Vasco voltou a atuar muito mal. O time dirigido por Antonio Lopes cometeu falhas seguidas na defesa e não conseguiu se organizar ofensivamente. Já o Coritiba mostrou ser uma equipe bem armada pelo técnico Dorival Júnior. A equipe paranaense soube se defender com competência e mostrar objetividade para liquidar a partidas nas oportunidades que surgiram durante o jogo.

Na próxima rodada, o Vasco vai ao Barradão enfrentar o Vitória. Já o Coritiba vai receber o Sport no Couto Pereira.

Diante de um público muito pequeno, o Vasco começou no ataque explorando o lateral-direito Wagner Diniz. E na sua primeira investida, ele foi derrubado por Ricardinho numa falta clara que o árbitro Leandro Pedro Vuaden ignorou. O time carioca seguiu na pressão enquanto o Coritiba, bem fechado na defesa, só saía para o ataque quando a bola estava nos pés de Carlinhos Paraíba, o organizador da equipe.

Aos 15 minutos, o Vasco chegou com perigo pela primeira vez. Edmundo cobrou falta e Anderson cabeceou por cima do travessão. O jogo se caracterizava pelos erros de passes das duas equipes. Leandro Amaral teve uma boa chance após passe de Madson, mas a defesa evitou a conclusão. Aos 29, foi a vez do baixinho Madson chutar de fora da área e assustar o goleiro Wanderley que substituiu o titular Édson Bastos.

Aos 32 minutos, quando o Vasco era melhor, o Coritiba marcou o primeiro gol. Alê chutou de fora da área, a bola bateu em Anderson e sobrou para João Henrique livre na área. O atacante deslocou Tiago com categoria e colocou a bola nas redes. Aos 35, o time paranaense perdeu a chance de marcar o segundo quando Keirrison lançou Guaru livre na frente mas o atacante perdeu o ângulo depois de passar pelo goleiro Tiago e ficou sem bola.

Aos 42, Edmundo foi tocado dentro da área por Nenê mas o árbitro não marcou o pênalti pedido pela torcida vascaína. Até o final do primeiro tempo, o time carioca tentou o gol de empate mas não conseguiu seu objetivo para revolta dos seus torcedores que vaiaram bastante o time ao finl da etapa inicial.

O Vasco voltou para o segundo tempo com o meia Alex Teixeira no lugar do zagueiro Victor. E logo aos dois minutos perdeu a chance do empate quando Madson cruzou rasteiro e Edmundo concluiu para fora. A resposta da equipe paranaense veio logo aos quatro minutos quando Keirrison cruzou e Alex Teixeira evitou a conclusão de Ricardinho. Aos 10 minutos, Alex Teixeira penetrou livre mas chutou em cima do goleiro Wanderley. No rebote, Madson chutou por cima, desperdiçando a melhor chance do Vasco na partida.

Por volta dos 15 minutos, o técnico Antonio Lopes resolveu atender aos apelos da torcida e colocou o atacante Jean no lugar do lateral Edu que saiu muito vaiado. Ao 22 minutos, Marlos fez grande jogada individual, mas demorou a concluir e o goleiro Tiago abafou o lance. Impaciente, a torcida passou a vaiar o técnico Antonio Lopes e o lateral Wagner Diniz.

Aos 27 minutos, o Vasco teve uma boa oportunidade mas o goleiro Wanderleu apareceu bem em conclusão de Leandro Amaral. Aos 33 minutos, numa falha de marcação da defesa do Vasco, Keirrison aproveitou um perfeito cruzamento de Ricardinho para cabecear sem defesa para o goleiro Tiago, mrcando o segundo gol do Coritiba.

Na base do desespero, o Vasco criou algumas oportunidades mas faltou tranquilidade aos jogadores cariocas que eram vaiados pelos torcedores que chegaram a dar gritos de olé quando a bola estava com o time paranaense.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 2 CORITIBA  (Veja como foi o jogo lance a lance)


Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 6 de agosto de 2008, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Público: 4633 pagantes
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Assistentes: Milton Otaviano dos Santos (Fifa-RN) e Marcelo Bertanha (RS)
Cartões Amarelos: Edu e Jorge Luiz (V), Guaru (C)
Gols:
CORITIBA: João Henrique, aos 32 minutos do primeiro tempo, e Keirrison, aos 33 minutos do segundo tempo

VASCO: Tiago; Anderson, Jorge Luiz e Victor (Alex Teixeira); Wagner Diniz, Rodrigo Antônio, Marquinho, Madson e Edu (Jean); Leandro Amaral e Edmundo
Técnico: Antonio Lopes

CORITIBA: Vanderlei; Maurício, Nenê (Felipe) e Ricardinho; Rodrigo Mancha, Rodrigo Heffner, João Henrique (Marlos), Carlinhos Paraíba (Rubens Cardoso) e Alê; Guaru e Keirrison
Técnico: Dorival Junior


Leia mais sobre: Coritiba Vasco Brasileirão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo