iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/08 - 19:46

Valdívia revela que especulações internas o atrapalharam

Camisa 10 relacionou suas partidas apáticas durante o mês de julho a comentários surgidos no próprio clube

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Um dos fatores para a má fase de Valdívia estava dentro do Palmeiras. Feliz com atuações decisivas nos dois últimos jogos e a volta à seleção chilena, o camisa 10 relacionou suas partidas apáticas durante quase todo o mês de julho a comentários surgidos no próprio clube de que deixaria o Palestra Itália em breve.

“Eu estava deixando me levar por outras coisas, que era a saída para a Europa, a diretoria falava que queriam me vender, que eu estava de saída, que tinha uma proposta do Hertha. Tinham muitos falando que eu estava de saída, achando que era o momento para isso, e isso vai atrapalhando. Pessoas de dentro falavam isso e ninguém falou comigo”, protestou.

O Mago não revela quem deu as declarações que prejudicaram seu rendimento, mas mandou um recado. “Antes de falar para fora, eles têm que falar comigo e passar pra mim o interesse de algum time que está atrás de mim. Isso não aconteceu”, apontou.

Apesar das palavras mais incisivas contra quem já prevê que está fora do Verdão, o chileno não sabe precisar se fica ou não antes do fim do período para negociações para o exterior.

“Não sei, porque a janela fecha dia 31. Ninguém sabe se vou ficar até dezembro ou sair antes. Já falei que não sei nada disso. Sei através de vocês (imprensa) que falam que tem proposta do Hertha, do Catar, da Espanha. Ninguém veio e falou comigo que eu estava de saída”, reforçou.

A indefinição de seu destino, porém, já não é mais problema. E Valdívia credita a mudança de seu pensamento à bronca que recebeu de Vanderlei Luxemburgo ao seguir para o vestiário e abdicar do banco de reservas ao ser substituído contra o Flamengo, na quarta-feira passada.

“Se não estava jogando bem, tenho que ter a cabeça tranqüila, limpa. Não estava me sentindo bem. A cobrança do Vanderlei foi normal, com base no que aconteceu no jogo e significou muito para mim por que me fez ficar tranqüilo, pensar só em jogar, sem outras coisas”, analisou, com uma promessa.

“Daqui para frente, vou esquecer tudo e agora é só me dedicar a defender o Palmeiras. O torcedor pode ter certeza que vou melhorar muito e voltar a ajudar o Palmeiras a conquista mais um titulo”, garantiu o craque do Paulistão 2008 que ficou no Parque Antártica.

Agora feliz, o ídolo da torcida alviverde só quer saber de utilizar a boa fase para se recolocar nos bons trilhos da carreira. “Voltaram as notícias boas. Fui convocado após um ano, fui bem e fiz dois gols contra o Ipatinga, a polêmica que se criou depois do jogo contra Flamengo sumiu”, recordou.

“Tomara que daqui para frente seja tudo como era antes e o bom futebol que joguei no ano passado e no Paulista voltem. E que seja um começo para eu melhorar definitivamente”, concluiu o agora sorridente e menos influenciável Jorge Valdívia.


Leia mais sobre: Valdívia Palmeiras

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Que falem comigo!
Meia não quer mais ser o último a saber sobre interessados em seu futebol

Topo