iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/08 - 20:37

'Me senti traído', diz ex-diretor do Atlético-PR

Alberto Maculan ainda não engoliu sua repentina demissão do cargo, aliada à saída do técnico Roberto Fernandes

Gazeta Esportiva

CURITIBA - O ex-diretor de futebol do Atlético-PR, Alberto Maculan, ainda não engoliu sua repentina demissão do cargo, que aconteceu aliada à saída do técnico Roberto Fernandes, por conta da fraca campanha do Furacão no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o ex-dirigente não poupou críticas aos ex-parceiros de comando.

“Me senti traído pelo (presidente Mário Celso) Petraglia e pelo (presidente do conselho gestor, João Augusto) Fleury. Eles não devem achar isso, mas este é meu sentimento. A vida segue, não quero mal de ninguém, mas também não quero mais a amizade destes dois senhores”, reclamou Maculan, em declaração à Rádio Transamérica.

Apesar do sentimento, o ex-dirigente evitou expor os problemas vividos no ambiente interno do clube. Segundo Maculan, isso só prejudicaria ainda mais a situação do Furacão, que está na 17ª colocação, ocupando a zona de rebaixamento.

“Não vou sair falando. Vocês sabem que (a estrutura administrativa do Atlético-PR) é centralizado, sabem como é o Atlético. Mas não vou sair e criar uma situação ruim para o meu time”, completou Maculan.


Leia mais sobre: Alberto Maculan Atlético-PR

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo