iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/08 - 22:41

Furacão se reabilita e afunda o Náutico

Jogo foi marcado pelo primeiro gol de Rafael Moura, o He-Man, que vivia jejum desde que veio da França

Gazeta Esportiva

CURITIBA - Comandado pelo técnico interino Tico, com um novo esquema tático e com o apoio da torcida, o Atlético Paranaense bateu o Náutico por 2 a 0 e deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, para o adversário, na noite desta quarta-feira. O jogo foi marcado pelo primeiro gol de Rafael Moura, o He-Man, contratado pelo time rubro-negro para resolver os problemas de ataque e que vivia um jejum desde que foi para o futebol francês.

Tentando pressionar desde os minutos iniciais, na Arena da Baixada, o Furacão partiu para cima, mas também deu espaço, como aos dois minutos, quando Radamés rolou para Vilmar, que bateu de fora da área, à direita de Galatto. Na resposta, depois de um ataque fulminante, a bola sobrou para Márcio Azevedo que, de frente para o gol, furou. Aos nove minutos, Ferreira entrou na área, tentou o chute cruzado, mas a bola explodiu na zaga.

A posse de bola era maior para o time da casa que, no entanto, não tinha criatividade no setor ofensivo para criar oportunidades. Aos 15 minutos, Felipe pegou rebote de Galatto e bateu para uma segunda defesa do camisa 1 atleticano, que salvou o Furacão. Mas, aos 18 minutos, Anderson Aquino chegou à linha de fundo e cruzou para Rafael Moura, que entrou em velocidade e marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra.

Depois de abrir o placar, o Atlético-PR melhorou na partida e chegou com perigo novamente aos 25 minutos, com uma cabeça de Anderson Aquino, que desviou na zaga e passou à esquerda da meta. O jogo ficou um pouco mais trucando, monótono em alguns momentos. Aos 35 minutos, Rafael Moura tentou encobrir Eduardo, mas exagerou na força. Aos 42, Ferreira fez o lançamento e Chico bateu pra grande defesa de Eduardo.

No segundo tempo, logo aos 20 segundos, Anderson Aquino entrou na área a bateu na rede pelo lado de fora. O Timbu respondeu aos cinco minutos, com Felipe, que dominou na saída da área e bateu por cima da meta. O Náutico inverteu a vantagem da posse de bola e já ficava mais tempo no ataque. Aos 10 minutos, Maurinho apareceu na área para cabecear, e Danilo afastou.

O time visitante mostrava força com Kuki, que bateu cruzado, mas a bola passou raspando a trave esquerda de Galatto. Aos 18 minutos, Chico fez fila e tocou para Rafael Moura, que fuzilou para defesa de Eduardo. No lance seguinte, Maurinho recebeu o segundo cartão amarelo e deixou os pernambucanos com um jogador a menos. Na cobrança de falta, Nei cobrou no canto direito e a bola saiu pela linha de fundo.

Mesmo com um a menos, o Timbu assustou aos 26 minutos, com Felipe, que recebeu cruzamento e tocou para uma defesa espetacular de Galatto. Aos 30, mais uma jogada individual de Chico, que limpou o lance e bateu para fora. Aos 35 minutos, em toque de bola do ataque atleticano, Rodriguinho chutou e Eduardo tocou para escanteio. Depois da cobrança, Danilo desviou para as redes para ampliar. A partir do gol, já contando com a volta de Kelly em campo, bastou administrar o resultado.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense, com 20 pontos ganhos, fora da degola, vai ao Rio de Janeiro, no sábado, onde enfrenta o Flamengo, no Estádio do Maracanã. Já o Náutico, que entrou na zona de rebaixamento, volta para o Recife, onde recebe o Santos, domingo, no Estádio dos Aflitos.

FICHA TÉCNICA (veja como foi o jogo lance a lance)
ATLÉTICO-PR 2 x 0 NÁUTICO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 06 de agosto de 2008, quarta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Assistentes: Marcio Luiz Augusto (SP) e Claudemir Maffessoni (SC)
Cartões amarelos: Chico, Galatto, Douglas Maia (Atlético-PR); Radamés (Náutico)
Cartão vermelho: Maurinho (Náutico)
Gols: ATLÉTICO-PR: Rafael Moura, aos 18 minutos, e Danilo, aos 35 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO-PR: Galatto; Antônio Carlos, Chico e Danilo; Nei, Rodriguinho, Renan, Ferreira (Kelly) e Márcio Azevedo; Anderson Aquino (Douglas Maia) e Rafael Moura (Pedro Oldoni)
Técnico: Tico

NÁUTICO: Eduardo; Maurinho, Onildo, Vagner e Itaqui; Reinaldo, Alceu, Radamés (Eduardo Ere) e Paulo Santos (William); Felipe e Gilmar (Kuki)
Técnico: Pintado


Leia mais sobre: Atlético Paranaense Náutico Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo