iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/08 - 14:48

Em nota oficial, Flamengo repudia invasão de treino
Ex-líder do Brasileirão não vence há seis rodadas, conseguindo apenas dois empates neste período

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Os acontecimentos da manhã desta terça-feira durante o treino na Gávea continuam repercutindo de maneira desagradável no Flamengo. Durante a noite, horas após a invasão de torcedores durante a movimentação do elenco, a diretoria do clube divulgou uma nota oficial de repúdio, criticando os responsáveis pelo tumulto.

“O Clube de Regatas do Flamengo repudia os lamentáveis fatos ocorridos hoje (terça-feira), na sede do clube, durante o treino da equipe de futebol profissional”, diz o comunicado do Fla, que evita generalizar a violência da invasão.

“Estes atos de violência e vandalismo foram praticados por indivíduos que não representam o conjunto de torcedores rubro-negros, que invadiram o clube ameaçando os jogadores, dirigentes, sócios e jornalistas”, acrescentou.

Assinada pelo conselho diretor do clube, a nota afirma que o incidente desta terça é “caso de polícia”, e promete que “a diretoria do clube tomará todas as providências para que estes infaustos acontecimentos não se repitam”. Mesmo assim, pede pelo apoio de seus entusiastas para superar a má fase do Campeonato Brasileiro.

“A torcida do Flamengo é Patrimônio Cultural da Cidade do Rio de Janeiro e não acolhe estes elementos”, acrescenta.

O Flamengo, ex-líder do Brasileirão, não vence há seis rodadas, conseguindo apenas dois empates neste período. O time é o atual sexto colocado da tabela com 28 pontos, e enfrenta o Goiás nesta quarta-feira fora de casa para voltar a vencer.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo