iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/08 - 23:55

De virada, Santos perde mais uma na Vila Belmiro
Peixe fez 2 a 0, tomou três gols e segue na zona da degola; Cuca volta a pedir demissão, que agora é aceita

Gazeta Esportiva

 
SANTOS - O Atlético-MG venceu o Santos de virada, por 3 a 2, em plena Vila Belmiro. A primeira vitória fora de casa permitiu ao Galo olhar para a parte de cima da tabela, pois o time chegou a 24 pontos, a uma segura distância de seis do Náutico. Já o Peixe está dentro da zona da degola, em 18º lugar com 17 pontos, afundado numa crise que não parece ter fim.

Pelo início do jogo, não parecia que seria assim. Mal a partida começou e o Santos já vencia por 1 a 0. Logo aos dois minutos, Maikon Leite cruzou da direita e Édson saiu do gol de forma atabalhoada, escancarando o gol para Kleber Pereira tocar de cabeça.

O Atlético-MG não deu sinais de ter sentido o gol. Continuou com seu plano de jogo, sem desespero, e perdeu boa oportunidade com Jael, aos nove minutos, quando ele girou sobre o zagueiro e chutou rente à trave. Depois, o Galo ainda seguiu mais presente no campo de ataque.

Mesmo assim, as falhas da defesa mineira seguiam dando sustos na torcida. Aos 21, Vinícius apenas assistiu a Kleber Pereira tomar-lhe a bola e partir em direção à área, acertando a rede pelo lado de fora.

O lance animou o Peixe, que passou a pressionar o adversário. Aos 23, Maikon Leite foi lançado com absoluta liberdade, mas bateu para fora. No minuto seguinte, Kleber cabeceou uma bola solta na pequena área, mas também errou o alvo. Aos 28 minutos, veio o resultado. Quiñónez cruzou da direita e Vinícius deu uma voadora na bola, mandando-a contra o próprio gol e matando o goleiro Édson.

O Atlético-MG voltou a reagir rapidamente após sofrer um gol, desta vez com mais sucesso. Aos 29, Jael recebeu na entrada da área, pela direita, e tocou por baixo de Douglas para descontar.

O empate quase veio minutos mais tarde, após uma cobrança de escanteio, quando o goleiro santista defendeu um voleio a queima-roupa de Marques. No último bom momento do primeiro tempo, Douglas voltou a salvar o Peixe, em falta cobrada por Petkovic, num lance parecido com o do gol que Keirrison, do Coritiba, havia marcado no domingo.

O domínio atleticano do fim do primeiro tempo continuou na etapa complementar e logo levou ao gol de empate. Aos cinco minutos, Petkovic lançou o volante Márcio Araújo, que entrou como um elemento surpresa e bateu da entrada da área, marcando seu primeiro tento no campeonato.

Com o empate, Cuca optou por abrir a equipe do Santos, colocando Cuevas e Apodi nos lugares de Marcelo e Adoniran. As substituições fizeram com que o Alvinegro Praiano atacasse mais, porém, quando o gol saiu, Kleber Pereira estava impedido e o lance não foi validado.

Mesmo mais presente no ataque, o time da casa cedeu a virada num vacilo da defesa. Quiñónez cochilou e perdeu a bola para Raphael Aguiar, na entrada da área. O jovem atacante atleticano teve calma para escolher o canto e marcar seu primeiro gol como profissional.

Atordoado, o Santos perdeu sua organização e se jogou ao ataque com poucas chances de sucesso. Num contra-ataque, o Galo quase matou a partida, quando Renan pegou uma sobra da defesa na entrada da área e bateu firme. A bola sofreu um desvio do zagueiro e o goleiro Douglas, que já tinha caído, levantou-se e deu um tapa por cima do gol.

Na próxima rodada, o Santos vai ao Recife, onde encara o Náutico, no domingo, num confronto direto contra o rebaixamento. Já o Atlético-MG volta a atuar em sua casa, mas tem uma tarefa difícil. O adversário de sábado é o líder Grêmio.

FICHA TÉCNICA (veja como foi lance a lance)

SANTOS X ATLÉTICO-MG

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data: 06 de agosto de 2008

Horário: 21h50

Árbitro: Elmo Resende Cunha (GO)

Assistentes: Belmiro da Silva (BA) e Raimundo Carneiro de Oliveira (BA)


Gols:
Kleber Pereira, aos dois, Vinícius (contra), aos 28, e Jael, aos 29 minutos do primeiro tempo; Márcio Araújo, aos cinco, e Raphael Aguiar, aos 29 minutos do segundo tempo


Cartão amarelo:
Adoniran, Michael e Apodi (Santos)


SANTOS:
Douglas; Domingos, Marcelo (Cuevas) e Fabiano Eller; Quiñónez, Adoniran (Apodi), Paulo Henrique (Hudson), Kleber e Michael; Maikon Leite e Kléber Pereira

Técnico: Cuca


ATLÉTICO-MG:
Édson; Mariano, Leandro Almeida, Vinícius e César Prates; Rafael Miranda (Renan), Serginho, Márcio Araújo e Petkovic (Gedeon); Marques (Raphael Aguiar) e Jael

Técnico: Marcelo Oliveira


Leia também:


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo