iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/08 - 17:05

Vasco protesta contra arbitragem da derrota para o São Paulo
Árbitro Sérgio da Silva Carvalho validou dois gols supostamente irregulares do atacante André Lima

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - A derrota por 4 a 0 para o São Paulo neste final de semana no Campeonato Brasileiro irritou bastante o Vasco da Gama. Não tanto pelas circunstâncias da partida no Morumbi, mas pela atuação do árbitro Sérgio da Silva Carvalho e de seus assistentes, Renato Miguel Vieira e Ênio Ferreira de Carvalho.

Insatisfeito, o Vasco resolveu agir, entrando com um protesto jurídico nesta terça-feira junto à Comissão Nacional de Arbitragem da CBF. O clube se disse “inconformado com os lamentáveis episódios envolvendo a arbitragem” da partida, que validou dois gols supostamente irregulares do atacante André Lima em sua estréia pelo time paulista.

Por meio do presidente Roberto Dinamite, o Vasco pede punição ao trio, já que seria “público e notório” que o clube teria sido prejudicado pelo apito na partida do domingo. “Simplesmente três dos quatro gols sofridos pelo Vasco da Gama foram assinalados em franca irregularidade”, diz o comunicado cruzmaltino.

Dinamite faz referência ainda ao gol de pênalti marcado pelo goleiro Rogério Ceni já nos minutos finais da partida. Além dos impedimentos reclamados nos gols de André Lima, o Vasco ainda protesta contra uma falta de ataque na origem do lance que terminou com a penalidade marcada a favor dos são-paulinos.

“As imagens da partida revelam que os dois primeiros gols do adversário ocorreram na posição de impedimento”, afirma o protesto. “Ademais, registre-se que a jogada que originou a marcação de pênalti a favor da equipe da casa, teve início com uma infração cometida sobre um jogador do Vasco da Gama, fato que também passou despercebido pela arbitragem.”

Além disso, os vascaínos ainda reclamam de um suposto pênalti sofrido por Leandro Amaral no segundo tempo, que não foi marcado e que trouxe “mais prejuízos” à equipe. Diante do que chamou de “somatório de equívocos” que prejudicaram o Vasco, Roberto Dinamite pediu punição ao trio, que teria influenciado o resultado da partida, como forma de reparar a ordem desportiva.


Leia mais sobre: São Paulo Vasco arbitragem

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo