iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/08 - 20:45

São Paulo e Fluminense se reencontram sem clima de revanche
Enquanto Tricolor paulista briga na ponta da tabela, time das Laranjeiras vive o desespero da zona de rebaixamento

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Pouco mais de dois meses depois de sua principal eliminação na temporada, o São Paulo entra em campo na noite desta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), para reencontrar seu algoz, o Fluminense. Neste Brasileirão, porém, os clubes vivem situações completamente diferentes. Enquanto o Tricolor paulista briga na ponta da tabela, o time das Laranjeiras vive o desespero da zona de rebaixamento.

Apesar da oportunidade de revanche contra o time que o eliminou da Copa Libertadores, o São Paulo descarta o clima de vingança para a partida no estádio do Maracanã.

“O Fluminense ganhou da gente de forma legal e nos tratou bem no Maracanã. Não tem vingança. Eles ganharam porque mereceram e acabou. O ruim é quando não te tratam bem. Hoje em dia, você vai para a Argentina e é superbem tratado”, afirmou o técnico Muricy Ramalho.

A última vez em que Fluminense e São Paulo se enfrentaram no Maracanã foi no dia 21 de maio. Na ocasião, depois de ter perdido no Morumbi, os cariocas venceram em casa por 3 a 1, com gol de Washington nos acréscimos, e passaram para a semifinal da Libertadores. No entanto, depois da eliminação, o time paulista se reergueu e voltou a mostrar força no Brasileirão. Já os cariocas não se recuperaram da derrota na final do torneio continental e passam por momento turbulento no Nacional.

“Estamos nos esforçando, trabalhando no máximo que conseguimos, nos concentrando dentro de campo e encarando cada partida como uma grande final. Mas, infelizmente, os resultados não estão aparecendo e precisamos conquistar os três pontos nesta quarta-feira para que a situação não fique ainda pior”, ponderou o goleiro Fernando Henrique.

O São Paulo, que possui 30 pontos no Brasileirão e ocupa a quarta posição, quer a vitória no Maracanã para seguir a caça ao líder Grêmio, que tem 35. Já o Fluminense é apenas o penúltimo colocado, com 13, e se sente na obrigação de vencer nesta quarta.

Apesar da situação do algoz, o técnico Muricy Ramalho fez questão de elogiar Renato Gaúcho, que teve sua equipe enfraquecida com as idas de Thiago Neves e Thiago Silva para a Olimpíada, além das saídas de Cícero e Gabriel. “O Renato está desenvolvendo um grande trabalho e passa por um mau momento, como todos podem passar. Sabemos que é um cara competente”.

O treinador do Flu, por sua vez, também esquece o triunfo da Libertadores para buscar a recuperação na Libertadores. “Aqueles jogos fazem parte do passado. Foi um momento muito bom para o Fluminense, porque ganhamos partidas em que não apostavam na gente. Mas hoje estamos focados em outro objetivo, que também envolve uma vitória contra o São Paulo. Precisamos ganhar para somarmos três pontos e começarmos a deixar essa situação na tabela”, analisou.

Em relação ao time que vai mandar a campo, Renato Gaúcho faz mistério, mas deverá ousar com uma formação ofensiva. O meia Tartá e o atacante Washington, que cumpriram suspensão contra o Inter, voltam e formarão um quarteto de frente com Darío Conca e Somália, que venceu disputa com Dodô. O artilheiro dos gols bonitos, inclusive, pediu para não ser relacionado. O lateral-direito Carlinhos, recuperado de lesão na coxa direita, ocupará o posto de Maurício, expulso na rodada passada.

Já o São Paulo também tenta superar desfalques, mas já está acostumado a vencer mesmo sem contar com jogadores importantes. Hernanes e Alex Silva seguem na seleção olímpica, enquanto Borges e Miranda se recuperam de contusões. Dagoberto, por sua vez, cumprirá suspensão automática. Em contrapartida, Zé Luis e Hugo voltam depois de desfalcarem a equipe na rodada passada.

Outro motivo de comemoração é a boa fase de André Lima, que, depois de marcar dois gols em sua estréia, voltará ao estádio do Maracanã, onde brilhou pelo Botafogo, mas desta vez para defender a camisa são-paulina.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE x SÃO PAULO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 6 de agosto de 2008 (Quarta-feira)
Horário: 21h50min (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba (Fifa-RS)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Altemir Hausmann (Fifa-RS)

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Carlinhos, Luiz Alberto, Roger e Júnior César; Fabinho, Romeu, Tartá e Darío Conca; Somália e Washington
Técnico: Renato Gaúcho

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Éder, André Dias, Rodrigo e Richarlyson; Joílson, Zé Luis, Hugo e Jorge Wagner; Éder Luis e André Lima
Técnico: Muricy Ramalho

Leia mais sobre: São Paulo Fluminense Brasileirão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo