iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/08 - 22:09

Náutico pede ajuda para psicóloga para reagir no Brasileirão

Mais nova arma do Timbu para buscar a reação é a psicóloga Suzy Fleury, que já trabalhou com Luxemburgo

Gazeta Esportiva

RECIFE - Tentando recuperar o Náutico no Campeonato Brasileiro, a diretoria do clube parece estar disposta a tudo. A mais nova arma do Timbu para buscar a reação é a psicóloga Suzy Fleury, que já trabalhou com o técnico Vanderlei Luxemburgo em diversas ocasiões, inclusive na seleção brasileira, entre 1999 e 2000.

“Nós estamos tentando aproveitar todas as ferramentas possíveis. Ela já trabalhou com várias situações e espero que ela possa nos ajudar. O mais importante é que os jogadores tenham muita vontade na hora do jogo”, explicou o técnico Pintado, preocupado com a postura da equipe no Brasileirão.

O Náutico começou como uma das surpresas da competição, quando chegou a liderança na segunda rodada e esteve no G-4 até o sétimo jogo. Desde então, a equipe tem caído sistematicamente na tabela e, depois trocar duas vezes de comandante (Roberto Fernandes e Leandro Machado), não conseguiu se encontrar novamente sob a batuta de Pintado.

Assim, Suzy Fleury deu uma palestra ao elenco do Timbu, que está em Curitiba para a partida contra o Atlético-PR, pela 18ª rodada do Brasileirão. Enquanto a psicóloga tenta acertar a cabeça dos atletas, Pintado trabalha para facilitar as coisas dentro de campo.

“Estamos tentando organizar melhor a nossa saída de bola e alguns posicionamentos. Esse resultado positivo tem que vir o mais rápido possível. Nós estamos trabalhando bastante e esperamos que ele venha logo”, contou o comandante que, desde que assumiu, ainda não conseguiu vencer: são quatro derrotas e um empate.


Leia mais sobre: Suzy Fleury Náutico

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias