iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/08 - 18:54

Antes de pegar o líder, Ipatinga vê possibilidade de reação
Técnico Ricardo Drubscky aponta o fraco desempenho dos outros clubes e usa isso como fator motivacional

Gazeta Esportiva

IPATINGA - Desde o início do Campeonato Brasileiro, o Ipatinga sofre com a constante presença na zona de rebaixamento. A duas rodadas do final do primeiro turno, o clube amarga a lanterna da competição e, no entanto, ainda vê possibilidade de reação. Para isso, o técnico Ricardo Drubscky aponta o fraco desempenho dos outros clubes e usa isso como fator motivacional.

“Isso ainda é bom, porque tem cinco ou seis clubes que não estão distanciando. Vamos nos agarrar nisso, tentar em cima disso criar ânimo, interesse”, disse o treinador, que assumiu a equipe na sétima rodada, na 18ª colocação. Drubscky ainda disse não se surpreender com as dificuldades.

“Vivemos um sofrimento bastante grande há alguns jogos e não vai ser agora que vamos desistir. Estamos bastante atentos, vamos tentar da melhor forma, ninguém acreditava que seria missão fácil, que seria simplesmente chegar, encaixar os 11 e a coisa andar”, disparou o comandante.

A equipe passou nove das 17 rodadas do Brasileirão na última colocação, da tabela, além de outras cinco na zona da degola. Para iniciar a reação e passar Fluminense, Santos e Atlético-PR, a missão será difícil: a equipe enfrenta, nesta quarta-feira, o líder Grêmio, no Estádio Olímpico.

“Vamos tentar armar uma equipe melhor para o jogo contra o Grêmio”, prometeu Ricardo Drubscky. A diferença do Tigre do Vale do Aço para o Atlético-MG, primeiro clube fora da zona de rebaixamento, é de cinco pontos.

Leia mais sobre: Ipatinga Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias