iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/08 - 12:22

André Lima comemora estréia, mas pede calma

Com dois gols marcados no Morumbi, atacante quer segurar a empolgação que pode ser gerada após a estréia

Agência Estado

SÃO PAULO - André Lima não poderia pedir por uma estréia melhor. Dois gols e goleada por 4 a 0 diante do Vasco com a camisa do São Paulo, colocando a equipe entre os quatro primeiros colocados do Campeonato Brasileiro pela primeira vez.

O atacante, no entanto, tratou de adotar um discurso cauteloso e apaziguar os ânimos da torcida são-paulina, ávida por um atacante que venha a marcar época, como recentemente fez Adriano, no primeiro semestre, Ricardo Oliveira, na Libertadores de 2006, e Luís Fabiano, entre 2001 e 2004.

"Eu não vou resolver sempre, como fiz hoje com gols", avisa André Lima, que comemorou os dois primeiros gols pelo clube. "A impressão é a que fica, mas espero que fique essa, mas não que vou resolver sempre, mas que sempre ajudarei o São Paulo, fazendo ou não gols."

O bom começo de André Lima repete o de Adriano, que estreou marcando os dois gols da vitória do São Paulo sobre o Guaratinguetá, na abertura do Paulistão desta temporada. O atacante, de 23 anos, tem contrato com o São Paulo por um ano, com possibilidade de renovação.

Apesar de dizer para a torcida ter paciência, André Lima não descarta a luta pela artilharia do Brasileirão, que hoje pertence a Alex Mineiro, do Palmeiras, e Kleber Pereira, do Santos, com 10 gols. "Eu perdi muito jogos, mas ainda tem muita coisa pela frente e, se tiver uma boa seqüência, tenho oportunidade de alcançar, sim."


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo