iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/08 - 09:29

São Paulo enfrenta crise do Vasco para colar no G-4
O Tricolor é o atual sexto colocado da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 27 pontos

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Depois de empatar com o Figueirense na quarta-feira, o São Paulo volta a campo neste domingo para tentar se aproximar do grupo de classificação para a Copa Libertadores da América de 2009.

O time terá pela frente o Vasco da Gama, que busca a vitória no Morumbi a partir das 16 horas (horário de Brasília), precisando somar três pontos para espantar a crise e continuar sua fuga das últimas posições da tabela de classificação.

O Tricolor é o atual sexto colocado da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 27 pontos conquistados nas 16 rodadas disputadas. O time vem em ascensão no campeonato, somando 16 pontos dentre os 21 últimos disputados – foram cinco vitórias em sete partidas, perdendo apenas para o Inter (2 a 0) e empatando com o Figueirense (1 a 1). Ambos os jogos foram fora de casa.

O Vasco, por sua vez, contabiliza 19 pontos e ocupa o 12º lugar, no limite da zona de classificação para a Copa Sul-americana. O time cruzmaltino estava em 16º lugar até a última rodada, mas se aproveitou do equilíbrio na classificação e da goleada por 6 a 1 sobre o Atlético-MG nesta quinta-feira para subir alguns degraus. Por enquanto, foram quatro pontos nos três últimos jogos, empatando com o Fluminense e perdendo do Santos.

O time de Muricy Ramalho está colado nos rivais que tem à frente, como Palmeiras, Flamengo (ambos com 28 pontos), Vitória (terceiro com 29) e Cruzeiro (vice-líder com 30 pontos). A vitória deve dar ao time algumas colocações, já que os adversários se enfrentam em confrontos diretos (Flamengo x Cruzeiro e Grêmio x Vitória). No entanto, o treinador são-paulino terá novamente que quebrar a cabeça com os desfalques para escalar o time que vai a campo no Morumbi.

Ao todo, são seis baixas para a partida: Alex Silva, Hernanes (convocados para a seleção olímpica), Borges e Miranda (lesionados) já estavam de fora nos últimos jogos. As novidades são Zé Luis e Hugo, que acumularam o terceiro cartão amarelo no jogo do Orlando Scarpelli e ficam de fora. Por outro lado, os zagueiros Ânderson e Rodrigo têm condições legais de estrearem pelo clube, assim com o atacante André Lima – este, provável titular.

Com isso, o time deve ganhar Rodrigo na defesa, ao lado de André Dias e Aislan para o caso de um 3-5-2 - Ânderson permaneceria no banco. Desta forma, Joilson e Cazumba ocupariam as alas do time, colocando Richarlyson, Jean e Jorge Wagner no meio-campo. No ataque, Dagoberto ganharia a companhia de André Lima.

O ataque, por sinal, é o mais definido dos setores do Tricolor, mas uma eventual manutenção do 4-4-2 alteraria bastante a formação. Neste caso, Aislan iria para o banco e a defesa teria Éder e Richarlyson nas laterais. No meio-campo, Éder Luis seria recuado para auxiliar Jorge Wagner na criação. Joilson e Jean atuariam como volantes.

Cheio de pendências, Muricy admite que o time que entrar em campo terá a missão dura de lidar com a pressão de vencer. 'Quando você não tem dúvidas, jogando seguidamente como a gente está jogando, você só recupera jogadores. Mas quando você perde dois jogadores que mexem demais na maneira do time jogar, você precisa fazer ajustes', explica o treinador.

No Vasco, nem mesmo os 6 a 1 sobre o Galo serviram para espantar a crise do clube. Além da pressão da torcida por um melhor rendimento, o elenco também vive um momento conturbado, com trocas de farpas entre os jogadores. Um dos principais líderes do grupo, o atacante Edmundo criticou o meia Morais por ter abandonado a concentração antes da última partida, aproveitando para insinuar que Jean e Leandro Bomfim teriam forjado lesão para não entrar em campo. Bomfim rebateu o Animal e ajudou a esquentar o clima em São Januário. Os dois, por sinal, estão fora do jogo deste domingo, já que o meia continua no departamento médico, enquanto Edmundo será poupado, pois segue o planejamento de entrar em campo apenas uma vez por semana.

Independente das rusgas, o técnico Antônio Lopes espera que o sistema defensivo possa mostrar sinais de melhora, já que contará novamente com o zagueiro Jorge Luiz, que retornou ao time na última quinta-feira. Quem reaparece no time neste domingo é o goleiro Tiago, que cumpriu suspensão contra os mineiros.

Tentando ficar longe dos problemas, Antônio Lopes prefere destacar o rendimento de seus jogadores dentro de campo e mostra confiança de que o Vasco possa surpreender o São Paulo dentro do Morumbi. “Gostei muito da atuação contra o Atlético-MG. Se jogarmos novamente do mesmo jeito, com a mesma postura e a mesma determinação, temos boas chances de conseguir um bom resultado”, afirmou Lopes.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X VASCO DA GAMA

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 3 de agosto de 2008, domingo
Horário: 16 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF)
Assistentes: Renato Vieira (DF) e Ênio de Carvalho (DF)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Éder, André Dias, Rodrigo (Aislan) e Richarlyson; Joilson, Jean, Éder Luis e Jorge Wagner; André Lima e Dagoberto
Técnico: Muricy Ramalho

VASCO: Tiago; Victor, Eduardo Luiz e Jorge Luiz; Wagner Diniz, Marquinhos, Souza, Mádson e Edu; Alan Kardec e Leandro Amaral
Técnico: Antônio Lopes


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo