iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/08 - 09:34

Empolgado Botafogo visita o Atlético-PR
Com 22 pontos, o Glorioso traçou a meta de terminar o primeiro turno próximo ao G-4

Gazeta Esportiva

CURITIBA - Com duas vitórias e um empate nas últimas três partidas, o Botafogo ganhou novo ânimo no Campeonato Brasileiro. E é nesta animação que o Alvinegro carioca encara o Atlético-PR, neste domingo, às 18h10 (de Brasília), na Arena da Baixada, pela 17ª rodada.

Com 22 pontos, o Glorioso traçou a meta de terminar o primeiro turno próximo ao G-4. Já o Furacão, derrotado pelo Vitória-BA no meio de semana, soma 17 pontos e precisa de um bom resultado para não correr o risco de terminar a rodada na zona de rebaixamento.

Na boa fase vivida pelo Botafogo, sobra espaço para todos se destacarem. O volante Túlio, por exemplo, marcou os dois gols da vitória sobre o Goiás no meio de semana e exalta o futebol praticado pelo Alvinegro.

”Estamos jogando um futebol de líder, mas sabemos que ainda falta muita coisa para chegar lá. Nossa primeira meta é terminar o primeiro turno perto do G-4. Para isso sabemos que uma vitória contra o Atlético-PR é muito importante”, afirmou o volante alvinegro.

A presença de Ney Franco é considerada fundamental para a reação do Botafogo dentro do Brasileiro. Túlio não poupa elogios ao comandante, até pouco tempo atrás um rival. “O astral melhorou. Depois da chegada do Ney, o time passou a entrar mais leve em campo. E ele conhece muito bem o nosso time, do tempo em que ele comandou o Flamengo e enfrentou o Botafogo por diversas vezes”, salientou Túlio.

Mas para manter o bom momento, o Botafogo terá que saber lidar com os desfalques. E eles são muitos para este domingo. O lateral-direito Alessandro sofreu lesão no ombro e só volta dentro de três semanas, abrindo espaço para a entrada de Thiaguinho. Já o zagueiro Triguinho, o meia Carlos Alberto e o atacante Wellington Paulista receberam o terceiro cartão amarelo e terão que cumprir suspensão.

No Atlético-PR, Roberto Fernandes está pressionado, inclusive pela diretoria, que depois de apoiá-lo nos últimos tropeços, já avisou que com a liberação de reforços vai passar a avaliá-lo pelos resultados. O presidente do Conselho Deliberativo do Clube, Mário Celso Petraglia, inclusive já escalou antecipadamente o atacante Rafael Moura, embora o treinador ainda não tenha confirmado oficialmente a dupla de ataque.

No restante do time, a boa notícia é o retorno do lateral Márcio Azevedo, que entra no lugar de Chico, que jogou improvisado na posição. No meio-campo, o colombiano Ferreira, criticado pelas apresentações pífias desde que voltou da Arábia, pode perder a posição para Julio dos Santos, que volta de suspensão, ou voltar para o ataque. O jovem Renan deve continuar na vaga de Valencia, que segue vetado pelo departamento médico.

Para o lateral Nei, o time entrará em campo pressionado e será cobrado se a vitória não acontecer. Por isso, mais do que jogador bem, como em alguns momentos das últimas rodadas, terá que focar os três pontos.

”O time foi bem pra caramba. Não tem desculpa, temos que acertar o último toque e ganhar. Temos que ter mais atenção para não tomar os gols e agora agüentar a pressão na Arena. Sei que a torcida está triste, mas a gente precisa deles agora”, afirmou.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR X BOTAFOGO-RJ


Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 3 de agosto de 2008, domingo
Horário: 18h10 (de Brasília)
Árbitro: Arilson Bispo (BA)
Assistentes: Adson Lopes Leal e Luiz Carlos Teixeira (Ambos da BA)

ATLÉTICO-PR: Galatto; Antônio Carlos, Rhodolfo e Danilo; Nei, Alan Bahia, Renan, Ferreira e Márcio Azevedo; Rafael Moura e Anderson Aquino (Julio dos Santos)
Técnico: Roberto Fernandes

BOTAFOGO: Renan; Eduardo, André Luis e Renato Silva; Thiaguinho, Túlio, Diguinho, Lúcio Flávio e Zé Carlos; Jorge Henrique e Gil
Técnico: Ney Franco


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo