iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/08 - 16:47

Liderados por Arce, jogadores paraguaios protestam contra lei do futebol

Os jogadores, que se reuniram na casa de Arce na noite de sexta-feira, emitiram um comunicado no qual reprovam as mudanças

EFE

ASSUNÇÃO (Paraguai) - Um grupo de jogadores e ex-astros do futebol do Paraguai liderados pelo ex-lateral-direito de Grêmio e Palmeiras Francisco Arce exigiram o veto da lei do futebol aprovada na quinta-feira passada pelo Congresso do país e que deve ser ratificada pelo Poder Executivo para sua promulgação.

Os jogadores, que se reuniram na casa de Arce na noite de sexta-feira, emitiram um comunicado no qual reprovam as mudanças introduzidas na que estabelece o Estatuto do Jogador Profissional.

Os signatários do documento afirmam que a lei lesa os direitos dos jogadores porque, entre outras coisas, possibilita a ampliação dos contratos de cinco anos por mais dois de maneira unilateral por parte dos dirigentes dos clubes.

Além disso, estabelece que caso o jogador queira rescindir seu contrato, deve pagar 100 salários anuais, ou 50, se for menor de 18 anos.

Entre os artigos mais questionados do projeto estão "os mecanismos para a liberação de passes, transferências de clubes e o tempo de vínculo do jogador com o clube nas categorias de base", segundo fontes do Parlamento.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo