iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/08 - 20:23

Inter vence e amplia crise no Fluminense

Colorado foi a 25 pontos e segue na briga pelo título, enquanto o Tricolor continua na degola

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O Internacional, que vinha de duas derrotas consecutivas no Campeonato Brasileiro, conseguiu se reabilitar neste sábado, quando derrotou o Fluminense por 2 a 1, em pleno Maracanã. O resultado serviu para aumentar ainda mais a crise no Tricolor das Laranjeiras, que segue com 13 pontos e na penúltima colocação. Veja os melhores lances no player ao lado>>

Já o Colorado foi a 25 pontos e segue sonhando com o título nacional. Nilmar marcou os dois gols dos gaúchos, ambos no primeiro tempo, enquanto Somália descontou para o Flu na etapa final. Na próxima quarta-feira, o Fluminense busca a reabilitação contra o São Paulo, novamente no Maracanã. Já o Inter entra em campo no dia seguinte para encarar o Cruzeiro, no Mineirão.

O jogo: Com muitos problemas para escalar o Fluminense, o técnico Renato Gaúcho apostou na entrada dos jovens Felipe e João Paulo entre os titulares. Mas quem começou dando as cartas foi o Internacional. Logo aos cinco minutos, o atacante Nilmar foi lançado, driblou Roger com facilidade e bateu entre as pernas de Fernando Henrique para colocar os gaúchos em vantagem no Maracanã.

Mesmo em desvantagem no placar, o Tricolor não conseguia pressionar o Colorado e, com isso, irritava a sua torcida. Alguns jogadores eram vaiados a cada vez que tocavam na bola, como o goleiro Fernando Henrique, o volante Fabinho e o atacante Dodô. Sobrava até mesmo para Renato Gaúcho, que teve que ouvir os torcedores pedirem a contratação de Carlos Alberto Parreira.

Sem se importar com a crise adversária, o Inter seguia melhor em campo e ampliou aos 27 minutos, quando Nilmar aproveitou cruzamento de Marcão e se antecipou à marcação adversária para mandar a bola para as redes.

A primeira chance de gol do Fluminense na etapa inicial só surgiu aos 32 minutos. Após tabelar com Darío Conca, Dodô invadiu a área e chutou forte, mas Clemer apareceu com uma boa defesa para salvar o Internacional.

Antes do intervalo, Renato Gaúcho ainda tirou o jovem João Paulo para a entrada de Somália. Insatisfeita com a saída de João Paulo e não a de um volante, os tricolores brindaram o treinador com o coro de 'burro'. Pouco depois, os torcedores ainda viram Somália driblar Clemer, mas não conseguir marcar, pois Sorondo chegou para tirar a bola em cima da linha.

O Fluminense foi para a pressão no início da etapa final. Aos sete minutos, Conca reclamou pênalti não marcado pelo árbitro José Henrique de Carvalho. Pouco depois, Somália arriscou de fora da área e Clemer se esticou para espalmar a bola para escanteio.

Acomodado e sem a mesma velocidade do primeiro tempo, o Internacional teve seu sossego interrompido aos 25 minutos. Após falta cobrada por Conca para a área, a defesa colorada tentou afastar e a bola tocou em Somália antes de entrar na meta de Clemer. Gol do Fluminense e esperança renovada no Maracanã.

O empate poderia ter vindo aos 28 minutos, mas a cabeçada de Roger acabou passando por cima do travessão, após saída equivocada de Clemer. Aos 31, Maurício furou dentro da pequena área e desperdiçou outra ótima oportunidade de igualar o marcador.

Apesar da pressão, o Internacional conseguiu se segurar e ainda desperdiçou algumas chances em contra-ataques, mas deixou o Rio de Janeiro com os três pontos e a esperança de poder brigar pelo título do Brasileiro. Já o Fluminense ainda teve Maurício expulso nos acréscimos.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 2 INTERNACIONAL (Veja como foi o jogo lance a lance)


Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 2 de agosto de 2008, sábado
Horário: 18h20min (de Brasília)
Árbitro: José Henrique de Carvalho (SP)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e José Carlos Dias (Ambos do PR)
Renda: R$ 129.247,00
Público: 10.092 pagantes
Cartões amarelos: Darío Conca, Fabinho e Maurício (Fluminense); Taison, Rosinei e Adriano (Internacional)
Cartão vermelho: Maurício (Fluminense)
GOLS: INTERNACIONAL: Nilmar, aos cinco e 27 minutos do primeiro tempo
FLUMINENSE: Somália, aos 25 minutos do segundo tempo

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Maurício, Luiz Alberto, Roger e Júnior César; Fabinho (Alan), Romeu, João Paulo (Somália) e Felipe (Maicon); Darío Conca e Dodô
Técnico: Renato Gaúcho

INTERNACIONAL: Clemer; Wellington Monteiro, Índio, Sorondo e Marcão; Edinho, Guiñazu, Rosinei (Adriano) e Andrezinho (Magrão); Taison (Ramon) e Nilmar
Técnico: Tite


Leia mais sobre: Internacional Fluminense Brasileirão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo