iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/08 - 22:28

Grêmio e Vitória fazem duelo direto pela liderança

Líder do Nacional tem 32 pontos e encara o terceiro colocado, que soma 29 pontos até agora

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - O confronto entre Grêmio e Vitória neste domingo, no estádio Olímpico, é prova do equilíbrio do Campeonato Brasileiro, que já caminha para o término do primeiro turno. Líder do Nacional, com 32 pontos, o time da casa será alcançado pelo rival baiano, terceiro com 29, em caso de derrota em Porto Alegre.

Por isso, não faltaram elogios mútuos e discurso de respeito ao adversário antes do duelo direto pela ponta.

Pelo lado gremista, pesa a favor a invencibilidade em casa: em oito jogos no Monumental, foram cinco vitórias e três empates. Para o atacante Marcel, o jogo com o Rubro-negro baiano é essencial para confirmar a boa campanha. “Estamos mostrando que temos condições de seguir na ponta, apesar de às vezes existir uma certa desconfiança. Sabemos o que estamos fazendo e queremos continuar assim”, avisa.

O discurso do autor do gol da vitória sobre o Coritiba, na última quinta-feira, é seguido pelo técnico Celso Roth, que valoriza o bom desempenho do time no campeonato. “Vivemos um momento importante, mas ainda é cedo para falar em título”, ressalta o treinador, que contra os baianos deve repetir o time que bateu o Coxa. A única dúvida é o zagueiro Léo, que se recupera de lesão e, se liberado, entra no lugar de William Thiego.

A confiança no time é tanta que Roth deixará o meia Souza, liberado para estrear, no banco de reservas. “Os jogadores estão à disposição? Que bom, é sinal de que o grupo se qualifica. Mas a seqüência mostra que os jogadores que estão em campo estão merecendo essa chance”, justifica. Do lado do Vitória, em contrapartida, o técnico Vágner Mancini vive situação inversa e sofre com problemas para armar a equipe.

A começar no meio-campo, onde o volante Willians e o meia Ramon cumprem suspensão pelo terceiro cartão amarelo, recebido na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR, que manteve o Leão baiano no G-4 do Nacional. Além disso, outras três dúvidas cercam a equipe que entra em campo no Olímpico: o volante Vanderson e os atacantes Marquinhos e Dinei sofrem com lesões e não tiveram presença assegurada.

Mancini não revelou a equipe que vai a campo, mas, independentemente da formação, cobrou dos atletas a mesma entrega do jogo com o Furacão, já que neste domingo o duelo é direto pelas primeiras posições do Brasileiro. Com os desfalques, porém, surge espaço para o meia Leandro Domingues enfim reestrear pelo clube. O comandante rubro-negro ao menos relacionou o jogador para a viagem ao Sul.

FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO X VITÓRIA

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 3 de agosto de 2008, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Sálvio Spínola Fagundes Filho (Fifa-SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Edynei Guerreiro Mascarenhas (RJ)

GRÊMIO: Victor, William Thiego (Léo), Pereira e Rever; Paulo Sérgio, William Magrão, Rafael Carioca, Tcheco e Anderson Pico; Perea e Marcel
Técnico: Celso Roth

VITÓRIA: Viáfara, Marco Aurélio, Anderson Martins, Leonardo Silva e Marcelo Cordeiro; Vanderson, Renan, Ricardinho e Jackson; Marquinhos e Dinei
Técnico: Vágner Mancini


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo