iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/08 - 18:38

Muricy admite dúvidas para escalar time contra Vasco

Treinador tem seis desfalques para próxima partida; André Lima deve estrear no ataque ao lado de Dagoberto 

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O técnico Muricy Ramalho admite: o time titular do São Paulo ainda é uma incógnita para a partida deste domingo, contra o Vasco da Gama, no Morumbi, a partir das 16h. O treinador tem nada menos que seis desfalques para a equipe, e ainda não sabe quem poderá escalar neste final de semana.

Na defesa, o Tricolor tem os desfalques dos zagueiros Miranda (lesionado) e Alex Silva (convocado para a seleção brasileira). Muricy ainda pode escalar os zagueiros Rodrigo e Ânderson nas posições, mas deve manter André Dias na escalação, já que o ex-corintiano ainda não tem plenas condições físicas para ir a campo.

No meio-campo, porém, a lista de baixas é maior. Os volantes Hernanes e Zé Luis estão de fora, respectivamente por convocação para a seleção brasileira e por suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Além disso, Hugo também cumpre gancho pelo acúmulo da terceira advertência, recebida no empate por 1 a 1 contra o Figueirense.

Com isso, Muricy deve utilizar Richarlyson e Jean como volantes, recuando Éder Luis para atuar ao lado de Jorge Wagner no setor de criação. No entanto, se optar por escalar o time no 3-5-2, poderia optar pela formação Joilson (Éder), Richarlyson, Jean, Éder Luis e Alex Cazumba. Neste caso, Jorge Wagner seria opção para a ala direita ou para atuar como meia, em sua posição de origem.

A falta de opções para a faixa central do campo, aliás, vem incomodando Muricy Ramalho para o jogo. “Temos homens de frente, como o Aloisío, e zagueiros como o Aislan, que foi bem agora. Temos que ver jogadores de meio-campo, mas estamos atentos a isso”, disse o treinador. “Nesses setores de defesa e ataque, estamos bem servidos”, completou, resumindo.

No ataque, porém, a situação é mais tranqüila. Em boa fase, Dagoberto deve ser mantido – embora não tenha balançado as redes no último jogo. Ao seu lado, André Lima deve estar, credenciado pelas boas atuações nos treinos do São Paulo. Pior para Aloísio, que seria sacado para dar lugar ao estreante.

Muricy, porém, não teme ‘queimar’ o camisa 14, que atravessa uma má fase. “Eu não tenho essa coisa de queimar. O jogador joga quando tem que jogar e sai quando tiver que sair. Não uso essa palavra. Quem escala sou eu, quem manda sou eu. Quando tiver que sair, sai”, esbravejou o treinador.


Leia mais sobre: São Paulo Muricy Ramalho André Lima Vasco

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo