iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/08 - 18:42

Kléber e Denílson serão julgados na segunda-feira

Situação de ambos é complicada porque os dois já passaram pelo tribunal, tendo sido absolvidos pelo STJD

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A lista de desfalques do Palmeiras pode aumentar para encarar o Vitória nesta quinta-feira. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) marcou para esta segunda-feira o julgamento de Kléber e Denílson, expulsos na derrota por 3 a 2 contra o Goiás em 21 de julho. E a situação de ambos é complicada porque os dois já passaram pelo tribunal neste Brasileiro.

Kléber é quem mais tem com o que se preocupar. Jogador mais indisciplinado do torneio com cinco cartões amarelos e três vermelhos, o atacante foi absolvido nas outras duas vezes em que foi julgado. Desta vez, a acusação é de acertar o tornozelo do zagueiro Rafael Miranda em lance sem bola que nenhuma câmera de televisão flagrou.

O camisa 30 alega que houve encenação do adversário. Mesmo assim, foi enquadrado no artigo 255 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por 'prática de agreesão física'. A pena gira em torno de 120 a 540 dias de suspensão. A alternativa da defesa será encaixar o jogador em outro artigo, já que a punição mínima tira Kléber do Campeonato Brasileiro.

No caso de Denílson, a penalidade é mais leve. O camisa 19 foi expulso depois do apito final por reclamação com o árbitro. De acordo com a súmula, o ex-são-paulino disse ao fim da derrota 'está feliz agora né, safado'. Com isso, recebeu o vermelho e foi enquadrado no artigo 251, com punição de um a quatro jogos - já cumpriu um no compromisso seguinte.

Pesa contra o meia-atacante o fato de já ter sido julgado por acertar o pé na cabeça do goleiro Cléber do Sport na derrota alviverde por 2 a 0. Durante a partida, recebeu apenas o amarelo e foi inocentado no STJD.

Leia mais sobre: Kléber Denílson Palmeiras

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo