iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/08 - 14:58

Dirigente defende Bomfim e Jean, que confirma mágoa com Edmundo
Um dos envolvidos na polêmica, Jean amanheceu nesta sexta-feira ainda mostrando bastante mágoa com Edmundo

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Nem mesmo a goleada do Vasco sobre o Atlético-MG serviu para aliviar o clima em São Januário. Além de criticar Morais, que abandonou a concentração alegando problemas psicológicos para não defender mais o clube, o Animal também insinuou que o meia Leandro Bomfim e o atacante Jean teriam forjado lesões para não encarar o Galo. Mas estes dois últimos foram defendidos pelo vice-presidente de futebol cruzmaltino, Manoel Fontes, o Neca.

”O que é do meu conhecimento é que eles foram vetados pelos médicos. O Leandro voltou a sentir a mesma lesão que já tinha sentido e o Jean está tratando de um problema no tornozelo”, comentou o dirigente vascaíno.

Um dos envolvidos na polêmica, Jean amanheceu nesta sexta-feira ainda mostrando bastante mágoa com Edmundo. O jogador rechaçou qualquer tipo de corpo mole e explicou a razão de sua ausência na partida da última quinta-feira.

”Acho que ontem (quinta) ele se equivocou um pouco ao falar no meu nome. Sempre dei moral para ele. Não sei o motivo dele falar o meu nome, pois sou um cara que me dedica bastante do jogo e nos treinos. Até jogar na lateral esquerda eu já joguei”, afirmou Jean, falando de sua lesão.

“Me machuquei contra o Flamengo e vim forçando o meu tornozelo. Atuei no sacrifício nos últimos três jogos. Conversei com o Lopes para dar uma parada, pois não vinha jogando bem. Parei para tratar e estou melhorando. Como eu ia para o jogo, se não havia treinado nenhuma vez e nem estava concentrado”, indagou o atacante cruzmaltino, em entrevista à Rádio Brasil.

Apesar da mágoa, Jean confirmou que ainda pretende manter um bom relacionamento com Edmundo. Mas confirmou que, independente desta situação, não pensa em abandonar o Vasco.

”Sou funcionário do clube e sempre fiz a minha parte. Vou procurar conversar com ele, mas se ele não quiser não tem problema. Vou continuar trabalhando normalmente”, disse o atacante.

Jean fugiu de polêmica ao ser questionado sobre a regalia de Edmundo, que só tem atuado uma vez por semana, seguindo um planejamento elaborado para poupar o jogador de 37 anos. “Quem tem que resolver é a comissão técnica. Eu não vou cometer o mesmo erro que ele cometeu de falar dos companheiros dele de clube”, afirmou Jean.


Leia mais sobre: Vasco Edmundo Leandro Bomfim

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Vipcomm/Divulgação

Clima pesado em São Januário
Leandro Bomfim se irritou e disse que Edmundo não é médico para falar dele

Topo